TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

USO DA CONVERSAÇÃO NA FORMA DE COTAÇÃO

Por:   •  27/10/2014  •  Tese  •  362 Palavras (2 Páginas)  •  109 Visualizações

Página 1 de 2

DESENVOLVIMENTO DE PORTIFOLIO - USANDO A FALA EM FORMA DE CITAÇÃO

1 Citações:

Utiliza-se literalmente no texto a idéia, conceito ou informação, quando é impossível transcrevê-la com suas próprias palavras.

- as citações de até três linhas devem ser apresentadas no corpo do texto, assinaladas por aspas duplas e seguidas da identificação (sobrenome do autor, data, número da página); o sobrenome do autor, quando em parênteses deve ser escrito em caixa alta, quando citado no texto, só a primeira letra em maiúscula.

Ex: “Do ponto de vista antropológico, podemos dizer que sempre existiu preocupação do homo sapiens com o conhecimento da realidade”. (MINAYO, 1993, p.1)

ou

Segundo Minayo (1993, p.1), “do ponto de vista antropológico, podemos dizer que sempre existiu preocupação do homo sapiens com o conhecimento da realidade”.

- as citações com mais de três linhas devem ser apresentadas isoladamente (a uma linha em branco do corpo do texto), em fonte Times New Roman ou Arial (considerar a opção já utilizada no texto) tamanho 10 ou 11, com entrelinhamento simples, justificadas, sem parágrafo, com recuo de 4 cm a partir da margem esquerda, seguidas de identificação (sobrenome do autor, data, número da página). Não é necessário colocar aspas nas citações com mais de três linhas. Deve-se deixar um espaço antes e depois da citação, para os textos anteriores e posteriores. Sugere-se não utilizar mais de 10 linhas nas citações longas.

Ex:

Um quarto dos pacientes com hepatopatia alcoólica avançada apresenta anticorpos contra HCV, embora os índices variem em diferentes áreas geográficas, o álcool pode agravar a evolução da Hepatite C crônica, está relação não está explicada, e a possibilidade de HCV ser responsável pelos casos chamados de cirrose alcoólica é intrigante, sendo um fator de risco importante para o desenvolvimento de carcinoma hepatocelular (RUBIN, 2006, p. 781).

Ou:

Rubin (2006, p. 781), afirma que,

Um quarto dos pacientes com hepatopatia alcoólica avançada apresenta anticorpos contra HCV, embora os índices variem em diferentes áreas geográficas, o álcool pode agravar a evolução da Hepatite C crônica, está relação não está explicada, e a possibilidade de HCV ser responsável pelos casos chamados de cirrose alcoólica é intrigante, sendo um fator de risco importante para o desenvolvimento de carcinoma hepatocelular

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com