TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Portfólio Politicas Sociais e Ambientais

Por:   •  9/12/2018  •  Pesquisas Acadêmicas  •  455 Palavras (2 Páginas)  •  16 Visualizações

Página 1 de 2

[pic 1]

ATIVIDADE PROPOSTA

.............................................................................................................

Produzir um texto/pesquisa com as seguintes etapas:

a) tema (duas linhas)

 b) problemática (cinco linhas)

c) estudo de campo (fato analisado)

d) conclusão do estudo, apontando uma interferência para o problema.

e) referências bibliográficas.

A publicidade interfere diretamente na criação de uma criança?

Vivemos numa era em que a tecnologia está em constante evolução, não diferente da publicidade que cada vez mais conquista seu espaço e fica cada vez mais próximo de seu publico. Comerciais e propagandas aumentam diariamente, e muitas dessas propagandas tem apenas um foco, as Crianças.

        Nos dias atuais, o Marketing de um determinado produto é essencial para sua venda, principalmente quando atingem seu publico alvo, ficando ainda mais fácil quando este publico alvo são as crianças. No Brasil, a publicidade na TV e na internet são as principais ferramentas do mercado para atingir os pequenos, que cada vez mais cedo é chamado a participar do universo adulto quando é diretamente exposto às complexidades das relações de consumo sem que esteja efetivamente preparado para isso.

        As crianças brasileiras influenciam em grande parte das decisões de compra de uma família, como por exemplo, carros, roupas, alimentos, eletrodomésticos, quase tudo dentro de casa tem por trás o palpite de uma criança, exceto decisões relacionadas a combustível e produtos de limpeza, decisões que não fazem a menor diferença na visão dos pequenos.

        Com esta grande influencia mirim, cabe aos pais saber como reagir diante de tanta pressão das crianças quando querem determinado produto, saber falar não a uma criança é necessário para que ela entenda que quem está no controle da situação são os pais e não a própria criança. Porém não são todos que conseguem dizer não aos pequenos, muitas vezes para evitar um constrangimento devido ao choro do filho, os pais acabam gastando um dinheiro desnecessário comprando algo sem a menor importância para criança.

        Após realizar um estudo de campo com uma colega de trabalho, verifiquei que cada vez mais as crianças tendem a pedir itens desnecessários, querendo consumir determinado produto não por sua importância, mas sim pelo fato de estar na moda, ou por algum coleguinha de escola ter aquele produto. Questionando minha colega de trabalho Fátima sobre como é a criação de seu filho mais novo (Erik) fui informado que cada vez mais fica difícil negar um pedido da criança, Fátima relata que muitas vezes nega um produto a Erik dizendo ser um item desnecessário, ou que não irá acrescentar em nada na vida do garoto, sendo que dias depois diversos colegas de escola aparecem com o item tão desejado por Erik.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)   pdf (116.6 Kb)   docx (102.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com