TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Filme o amor pode dar certo

Por:   •  1/10/2015  •  Resenha  •  1.027 Palavras (5 Páginas)  •  1.217 Visualizações

Página 1 de 5

                ANHANGUERA KROTON

                   

 

                             

                         O AMOR PODE DAR CERTO

ALUNA: ALINE CRISTINA FERNANDES  RA:6656394782

FASE: 6

CURSO: ENFERMAGEM

DISCIPLINA: ENFERMAGEM NA SAÚDE DO ADULTO

PROFESSORA: ELIZANDRA FARIA

                                                                  SÃO JOSÉ 28 DE SETEMBRO DE 2015

                                                Introdução

O objetivo deste trabalho é analisar criticamente os estágios que pacientes terminais passam.

O amor pode dar certo síntese

O filme “O amor pode dar certo” trata de uma forma bem suave a história de dois seres humanos, no caso Henry Griffim e Sara Phoenix que têm suas vidas unidas em busca de um único sentimento, viver plenamente.

Como enfermeiro temos que buscar dar uma qualidade de vida melhor para indivíduos com prognósticos reservados, buscando sempre respeitar a individualidade de cada ser, respeitando sempre sua vontade e buscando dar um atendimento humanizado tanto para ele quanto para sua família.

O filme pouco mostrou a atuação da equipe de enfermagem e já no início do filme a médica que dá o diagnóstico para Griifim se mostra despreparada, fria e pouco se mostra realmente interessada em lhe dar opções de como suportar tal notícia.

O diagnóstico de uma doença incurável trás a tona medos falta de esperança e o choque inicial é compartilhado por quase todos que se veêm nessa situação, e foi isso que Griifin não demonstrou, aceitou com naturalidade e tratou logo de resolver seus problemas com seus filhos, decidiu não ficar internado e viver cada dia como se fosse o último, Sara não passou por isso no filme.

Muitas doentes terminais tentam entrar em acordo, seja com médico, com Deus, com famílias e ou entidade qualquer que possa salvar sua vida, barganhando uma cura que ele julga possível, e Grffim faz isso, querendo no início do filme que sua médica lhe desse opção de se tratar na Europa, ou outro tratamento qualquer, mesmo que ele já tenha ouvido de outros médicos que era perda de tempo, Sara por exemplos usa da barganha para que Griifin lhe conte de sua vida, pois eles meio que viviam como namorados, mas um não sabia nada do outro.

A raiva é um do sintomas mais típicos de uma pessoa que descobre que esta morrendo, seja  de Deus pois ninguém quer morrer, seja da família,  ou simplesmente pois não saber lidar com certas emoções, e Sara mostra toda raiva escondida quando esta passeando com Grffim na rua e observa uma mulher brigando com seus filho, ali seus conflitos vem a tona, por que nunca poderá ser mãe, mas antes houve um episódio de raiva  de sua parte quando ela  pensa que Griifin esta  zombando dela,  ao arrumar a casa dele ela encontra livros de auto ajuda e na hora ela começa a brigar com ele, mas ele conta a verdade e tudo parece ficar bem.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.1 Kb)   pdf (55.9 Kb)   docx (12.6 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com