TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Relato Pesquisa mulher

Por:   •  4/2/2017  •  Ensaio  •  367 Palavras (2 Páginas)  •  53 Visualizações

Página 1 de 2

 Parte mulheres

Em termos de formação, um número maior de autores formados em direito, sendo possível encontrar: advogados, engenheiros, matemáticos, médicos, padres etc. Além de outras ocupações concomitantes a docência como políticos, jornalistas, militares etc. A maioria de gênero masculino, com a presença de autoras como Luiza Cândida de Oliveira Lopes, diretora do Colégio Santa Luzia, situada no Rio de Janeiro e destinado ao ensino feminino.

        Outra autora foi musicista Amélia Rezende Martins, pertencente a uma família tradicional do interior de São Paulo, suas produções didáticas nas áreas de Geografia e História receberam aprovação pelos os órgãos responsáveis entre os anos de 1919 a 1930.  Autora se destaca ainda pela forte presença em conferencias, eventos ligados à educação.

         Em termos de filiação encontramos em destaque o Instituto Histórico e Geográfico – IHGB, as Sociedades Geográficas no Brasil e no exterior. Alguns autores, em sua maioria militares, receberam comendas do imperador Pedro II, tais como: a Ordem das Rosas e de Cristo. Estas comendas eram distribuídas por reis e imperadores, no caso do Brasil, foram distribuídas principalmente por Pedro II devido à participação na Guerra do Paraguai.

        Durante o  final do século XIX e nos primeiros anos do século XX nota-se uma forte produção de livros didáticos dedicados aos estudos locais, as províncias primeiramente, e posteriormente os estados. Algumas obras feitas para atender uma necessidade imposta pela ausência de materiais destinados aulas de corografia ou geografia local. Fato que possívelmente reforça o caráter nacional das produções didáticas de geografia nesse período. Contrariando pesquisas que colocam a forte presença de obras internacionais no país[1]. Acreditamos que estas produções locais reforçam a força identitária local, concordando com Albuquerque (2008), Maia (2014), Silva (2012) que declaram a relevância dessas produções na compreensão da realidade brasileira, bem como da Geografia.


...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »