TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Crítica do Documentário ‘’ O Mundo Global Visto do Lado de Cá ’’.

Por:   •  5/7/2016  •  Trabalho acadêmico  •  577 Palavras (3 Páginas)  •  4.165 Visualizações

Página 1 de 3

Resenha crítica do documentário ‘’ O mundo Global visto do lado de cá ’’. 

 

O documentário ‘’o mundo global visto do lado de cá’’ do cineasta brasileiro Tendler (2000) destaca os principais fenômenos da globalização na visão do Geografo brasileiro e intelectual Milton Almeida dos Santos,acrescenta-se também as conseqüências desenvolvidas por esse sistema,fazendo uma contextualização de fases distintas da globalização  

 

Outra preocupação constante presente no documentário é a análise entre o processo de colonização e globalização,embora em períodos distintos da história são processos que tem o mesmo fundamento metodológico e pratico,se manifestando desde a apropriação e expansão territorial ,colonização exploração,destituição da cultura, local estendendo-se ao processo de expansão ao mercado mundial nos moldes d sistema econômico e financeiro capitalista. 

 

O contexto pós-guerra fria contribuiu para o surgimento e consolidação da globalização dando inicio a disputa pelo domínio do mercado mundial.Bem como,a fragmentação  do planeta em dois mundos: Norte e Sul ,o norte apontando os países desenvolvidos e o sul do globo destacando os países subdesenvolvidos ou países do terceiro mundo,em conseqüência disso,nota se,que ambos são historicamente caracterizados por contradições sócio-politicas e econômica. 

Os objetivos revelados pelo consenso de Washington ocorrido na capital dos EUA,deixou em evidência a verdadeira face da globalização,uma vez que uma das propostas de avaliação era  a reforma econômicas na America latina ,que visava inúmeras medidas a serem aplicadas pelos países a fim de  a retomar o crescimento. 

 

 

Com a elevação de impostos,juros,privatizações os setores privados se fortaleceram fazendo uma desmontagem do estado de bem estar social. Na Bolívia o avanço das privatizações,provocou uma forte revolta popular forçando o estado a reverter o cenário.Na Argentina a abertura do mercado trouxe conseqüências nefastas para a população devido a desestabilização do país.No Equador,o método de dolarização da economia provocou uma diminuição nas atividades econômicas causando um revolta da sociedade contra o governo.No Brasil a política de privatizações adotadas pelo governo repassando para as empresas privadas os setores de telecomunicações,mineração,por exemplo,foi o estopim para fortes manifestações populares no país. 

 O autor ainda aponta a relação de interdepêndencia que existe entre a globalização e os  territorio bem como,o controle que as  empresas exercem sobre essa relação ultilizando como mecanismo uma espécie de rede planétaria .De um ponto de vista critico o autor fala da divisão desigual e  internacional do trabalho ,acirramento da exploração na globalização como fatores responsáveis pela miseria,fome generalizada  e a privação dos indivíduos,uma vez a globalização permite o livre acesso de mercadorias entre os países mas não entre os indivíduos.Países da europa e o EUA  tornam-se  os principais focos de imigração,com efeito,centenas e milhares de pessoas por meio da clandestinidade tentar ter acesso a esse países na busca por  melhores condições de vida,devido ao número de fatalidades acometidas pelas guerras em alguns países,como resultado,são vítimas de consequencias desastrosas ,violação dos direitos humanos ,e em alguns casos são repatriados para seus países de origem sofrendo ,ou não penalização. 

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4 Kb)   pdf (60.2 Kb)   docx (495.5 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com