TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO

Por:   •  5/6/2018  •  Trabalho acadêmico  •  3.614 Palavras (15 Páginas)  •  47 Visualizações

Página 1 de 15

[pic 1][pic 2]

[pic 3]

[pic 4]

[pic 5]

[pic 6]

[pic 7]

[pic 8]

[pic 9]

[pic 10]

[pic 11]


SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO        3

2 DESENVOLVIMENTO...............................................................................................5

2.1 JUSTIFICATIVA.....................................................................................................5

2.2 REFERENCIAL TEORICO.....................................................................................6

2.3 SERIE/ANO PARA QUAL O PROJETO SE DESTINA..........................................8

2.4 OBJETIVO..............................................................................................................8

2.5 PROBLEMATIÇÃO................................................................................................9

2.6 O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO..........................................................10

2.7 TEMPO PARA REALIZAÇÃO DO PROJETO.....................................................12

2.8 RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS.............................................................12

2.9 AVALIAÇÃO.........................................................................................................13

REFERÊNCIAS..........................................................................................................14



  1. INTRODUÇÃO

                   A aplicação da Ciência Política como doutrina tem uma participação categórica para avaliação no conhecimento sobre política na grade curricular para o ensino pedagógico e para a formação intelectual do aluno. Consequentemente, a Ciência Política pode ser conhecida como a disciplina que se torna para a compreensão do estudo de qualquer acontecimento ligado às organizações políticas de caráter metodológico, para expansão do conhecimento na formação do aluno para o cotidiano. Para melhor eficácia, o ensino de Ciência Política deve ser aplicado como conteúdo na disciplina em História para o desenvolvimento do aluno, para criação de uma análise crítica sobre o assunto estudado, adquirir conhecimento sobre sistemas de governo, análises de comportamento político e de atividades políticas em geral. O conteúdo de Ciências Políticas mostrará ao aluno todo cenário político e todas ações políticas que são tomadas. Mostra também, a instrução métodos da corrida política e os processos de embate em nome da distribuição de poderes. Segundo Bobbio, “a Ciência Política como conteúdo disciplinar torna-se a de extrema importância em muitos outros ramos do conhecimento humano. Os campos de estudo da economia, do direito, da sociologia, da história, da antropologia, da administração pública, das relações internacionais, da psicologia e da filosofia política fazem parte do arcabouço teórico sobre o qual torna esforços da ciência política estão apoiados”. 

 Para melhoria da educação do país, é explicito a necessidade da implantação de medidas para estimular transformações na formação dos alunos, no entendimento de encarar velhos problemas da educação nacional, promovendo um novo plano de ensino com um conteúdo político nas escolas. Nessa circunstância, o ensino da Ciência Política demonstra-se primordial, proporcionando aos alunos a buscarem novas tendências para saberem a discutir as questões políticas para o desenvolvimento de uma sociedade. Logo, a inclusão do estudo de Ciência política na grade curricular das escolas brasileiras, visa de iniciar aprofundar a história dos processos políticos e o desenvolvimento do senso crítico.

                  Considerando o surgimento do momento histórico em que o desenvolvimento científico estabelecia a deslanchar no mundo europeu e acompanhando o nascimento das demais disciplinas das ciências sociais, a ciência política construiu-se sobre as bases do empirismo científico. Apesar de serem metodologicamente diversos, de maneira geral, suas análises estão baseadas nos mesmos métodos utilizados pelas demais áreas que se dedicam à pesquisa social: baseando-se em documentos históricos, em registros oficiais, na produção de pesquisa por questionário, análises estatísticas, estudos de caso e na construção de modelos. Mesmo sendo considerado como uma nova disciplina, a ciência política atribui uma base profunda na história do conhecimento humano. Isso contribui para melhor os trabalhos que pertencerem ao campo da técnica e viram como base de construção da disciplina que temos hoje.


  1. DESENVOLVIMENTO
  1. JUSTIFICATIVA

                O que me levou a desenvolver este projeto, foi a questão política atual que vivemos, mostra que ainda devemos aprender sobre política. A aplicação da Ciência Política como conteúdo na disciplina de história dará uma visão ampla para o aluno trabalhar o desenvolvimento do senso crítico, saber emitir opiniões sobre o assunto com imparcialidade.

              Assim, traremos aqui uma breve reflexão sobre os caminhos dessa disciplina em relação ao Ensino Médio, atentando para os diálogos com outras áreas, os principais fatos e a situação atuais dessa disciplina, na qual cremos que, hipoteticamente, apresenta-se em um processo de busca por legitimidade que pode ser visualizado por meio de conjunto de ações, posições, interesses que nem sempre estão atrelados as necessidades e dinâmicas internas no âmbito da produção de conhecimento em Ciência Política. Dessa forma, veremos que o caminho de institucionalização dessa área no ensino médio é permeado por ações e marcas de especialistas diversos como advogados, sociólogos e outros que atuam não apenas na esfera da educação, mas também da política, associações de professores e outras. Dessa maneira, no que diz respeito à capacidade de um determinado campo ter o próprio funcionamento influenciado por lógicas externas orientadas por outros interesses. Nesse sentido, verificaremos que em muitas situações o processo de fomento e defesa da ciência política no ensino médio, foi composto por aspectos de heteronomia, ou seja, sem capacidade de impor uma hierarquia e lógica própria- relacionada ao acumulo da própria história, interesses e funções da ciência política.            

...

Baixar como (para membros premium)  txt (24.4 Kb)   pdf (212 Kb)   docx (35.3 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com