TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha do Capitulo II do Livro Apologia da História Marc Bloch

Por:   •  17/6/2019  •  Trabalho acadêmico  •  295 Palavras (2 Páginas)  •  17 Visualizações

Página 1 de 2

[pic 1]

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

INSTITUTO DE GEOGRAFIA, HISTÓRIA E DOCUMENTAÇÃO

DEPARMENTO DE HISTÓRIA

RELATÓRIO DE LEITURA

LUCAS CAMPOS DA SILVA

CUIABÁ-MT

2019

A observação da história, para Marc Bloch, é uma análise crítica dos vestígios deixados pelas sociedades. O autor se contrapõe a escola metódica ao afirmar que o objeto de estudo da história é o homem em seu aspecto plural, desse modo a observação histórica se dá de forma direta, pois os vestígios são produzidos diretamente pelas sociedades e diz algo sobre a mesma. Entretanto se levarmos em consideração que o objeto de estudo da história é o passado, afirmaremos então, que a observação se dá de forma indireta, já que o historiador não poderá voltar ao passado para presenciar os fenômenos históricos.

Bloch entende os vestígios como centro da história, é a forma pela qual o historiador terá contato com seu objeto que esta estudando, cabe ao historiador, então, saber questionar o seu documento, com o objetivo de retirar dele a melhor interpretação possível. No texto, o autor define duas formas de contato com os documentos, a primeira, o testemunho voluntário, escrito com o objetivo de guardar para posteridade o eventos históricos, já a segunda forma, o testemunho não voluntário, são os relatos que tem a finalidade de ser usado para regulamentar o cotidiano, não tendo o compromisso com a posterioridade.

Toda investigação histórica precisa de uma direção, o historiador deve fazer um recorte do que esta estudando, então fazer pergunta, para então usar os documentos para constatar a hipótese. Mesmo após recorrer a todas as fontes, e ainda assim não haja conhecimento suficiente, o historiador deve resignar-se a ignorância e confessar: “Não sei, e não posso saber”.


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BLOCH, Marc. Introdução à História. Rio de Janeiro: Jorge Zahar,2001. Cap 2 – A observação histórica. (p.69-87).

 

 

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)   pdf (105.5 Kb)   docx (20.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com