TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estudos da fonética e fonologia nas atividades humanas, e os fonemas

Por:   •  5/5/2017  •  Dissertação  •  577 Palavras (3 Páginas)  •  116 Visualizações

Página 1 de 3

Estudos da fonética e fonologia nas atividades humanas, e os fonemas.

Ter um bom conhecimento sobre a fonética, permite ao falante aplicá-la a diferentes ambitos profissionais. Alguns de  esses casos são; a correção fonética , tanto a própria língua como de segundas e terceiras línguas; Na medicina, a fonoaudiologia, a fonética forense , e até mesmo na atuação e artes dramáticas.

No ensino de Língua Portuguesa, a fonética e a fonologia  tem pontos em comum já que tratam de aspectos concernentes à linguagem humana, mais especificamente à língua e fala. Daí a importância e relevância do estudo de uma língua seja ela materna ou não, a fonética e a fonologia estão presentes em nosso cotidiano, daí a sua importância na formação do professor de Língua Materna, desse modo o professor pode auxiliar os alunos para que eles possam compreender de que maneira os sons são produzidos no ato da fala.

   Hoje em dia muitos profissionais por motivos de trabalho precisam adaptar a pronuncia ao uso padrão e afastar seus traços tão marcados ou seu dialetos, é o caso dos Jornalistas, locutores de radio e televisão, cantores, políticos, empresários, para transmitir mensagens  a o público em geral afastando-os das piadas das quais podem ser alvo, além de evitar que aspetos marcantes e dialetais não desviem a atenção do conteúdo que se pretende transmitir. Também podemos ver a necessidade da fonética na situação do ator ou atriz  que para poder trabalhar precisa de neutralizar o seu  sotaque natural,  ou pelo contrário,  adotar um acento diferente do seu.  Para conseguir isso, um fonetista pode com seus conhecimentos sobre a fonética propor exercícios e sobre tudo fazer com que a pessoa interessada reflita sobre a sua própria língua e a maneira na qual ela pronuncia as palavras.

Outro dos campos onde podemos identificar a necessidade da fonética é quando se apresentam transtornos da fala, nesses casos entram em jogo a terapia da fala de reeducação  ou reabilitação dos transtornos da fala e audição, que permitem identificar ou podem ser o reflexo de outros transtornos maiores e/ou mais graves, como por exemplo, o transtorno da linguagem e a capacidades cognitiva geral.

No campo policial e judicial, podemos ver também o uso da fonética no reconhecimentos de vozes, o interesse maior está em discernir com o maior grau de confiabilidade possível  se duas vozes podem corresponder a mesma pessoa ou se as mesmas não coincidem. A comparação auditiva é importante, no entanto, é ainda mais importante o exaustivo e minucioso análise  acústico, por isso faz-se necessário ter conhecimentos acústicos, teóricos e instrumentais, Portanto, é de total relevância o conhecimento mais aprofundado sobre a fonética da língua em questão e também dos instrumentos utilizados na análise das diferentes disciplinas em que pode ser usada.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.5 Kb)   pdf (65.3 Kb)   docx (11.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com