TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Reflexão Dos Textos "Ensino Apostilado E A Venda De Novas Ilusões" E "A Redação No Livro Didático E Na Sala De Aula: Criatividade E Avaliação"

Casos: Reflexão Dos Textos "Ensino Apostilado E A Venda De Novas Ilusões" E "A Redação No Livro Didático E Na Sala De Aula: Criatividade E Avaliação". Pesquise 812.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  19/3/2014  •  391 Palavras (2 Páginas)  •  724 Visualizações

Página 1 de 2

No texto “Ensino Apostilado e a Venda de Novas Ilusões”, a autora explana os motivos, pelos quais o livro didático foi substituído pelo ensino apostilado e posteriormente analisa seus prós e contras.

Primeiramente preciso expor que a escola em que cursei meu ensino médio, adotava o método de apostilado descrito no texto. Confesso que na época gostava muito dessa abordagem, por ser muito mais completa do que os livros didáticos, atualizada, além de permitir uma maior organização tanto dos alunos quando dos professores, durante as aulas.

Depois de ler esse texto, percebi que, na realidade, as apostilas são usadas como fonte única de conhecimento, não permitindo ao discente que recorra a outras fontes, elas também promovem uma memorização inconsciente por parte do aluno, pois esses materiais tendem a fragmentar e sintetizar a níveis extremos a complexidade de conteúdos, formando aquilo que a autora denomina de “bits de informação”.

Dessa forma, temos que ao professor cabe a única tarefa de dar aula e ao aluno recebe-la e assimila-la, de acordo com o que foi programado. Assim, a apostila está desempenhando a mesma tarefa que o livro didático desempenhou outrora, o docente um mero mediador do conteúdo imposto pelo LD, enquanto o aluno um receptor “desinformado”, esse último termo colocado pela autora.

Já o texto “A redação no livro didático e na sala de aula: Criatividade e avaliação” trata do julgamento formal realizado pelo LD em um exercício de redação, que acaba por impedir que o aluno escreva aquilo que deseja.

A autora afirma que os enunciado de exercícios de elaboração de texto, se caracterizam por uma linguagem repleta de imperativos. Fiquei pensando a respeito dessa informação e resolvi dá uma olhada em um livro de redação da minha oitava série, e o que encontrei foi exatamente isso, questões redigidas em forma de ordens, que no final exigiam o uso da criatividade.

Sendo assim, a redação presente nos LDs, almejam que o aluno escreva exatamente o que é pedido, isso causa uma homogeneização dos textos produzidos, e criando uma impressão no aluno que a elaboração de um texto é algo difícil, enfadonho e vigiado, pois além de instaurar um molde de se redigir, o discente será monitorado em sua ortografia constantemente.

Dessa forma, considero os dois textos acima apresentados de fundamental importância na formação de um professor, pois esses artigos nos abrem os olhos para a realidade do material didático.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com