TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Contextualização dos métodos de ensino para a organização do trabalho pedagógico

Projeto de pesquisa: Contextualização dos métodos de ensino para a organização do trabalho pedagógico. Pesquise 800.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  7/4/2014  •  Projeto de pesquisa  •  1.376 Palavras (6 Páginas)  •  267 Visualizações

Página 1 de 6

DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO

DATA: 25-02-2014

TEMA3: O planejamento e ensino

TEMA4: Contextualizando os métodos de ensino a organização do trabalho pedagógico.

O PLANEJAMETO DE ENSINO

Professo:

O desempenho dos alunos remete-se nos diretamente á necessidade de se considerarem aspectos relativos á formação do professor.

A formação inicial do professor consiste é preciso considerar um investimento educativo continuo e sistemático para que o professor se desenvolva como profissional de educação.

Escola e Cidadania:

Isso requer que a escola seja espaço de formação de informação em que a aprendizagem de conteúdos deve necessariamente favorecer a inserção do aluno no dia a dia das questões sociais marcantes em um universo cultural maior.

ESCOLA: Uma construção coletiva e permanente

Ao elaborar seu projeto educativo, a escola discute e explicita de forma clara os valore coletivos assumidos. Delimita suas prioridades, define os resultados desejados e incorpora o auto avaliação do trabalho do professor.

Assim organiza o PLANEJAMNTO reúne-se a equipe de trabalho, provoca estudos e reflexão continua dando sentido as ações cotidianas , reduzindo a improvisação e as condutas estereotipadas e rotineiras que muitas vezes são contraditórias com os objetivos educacionais.

Aprender e ensinar, construir e interagir:

A aprendizagem é condicionada, de um lado, pelas possibilidades do aluno, que englobam, tanto nos níveis de organização do pensamento como conhecimento e experiência previas e, de outro pela interação com outras agentes.

Em síntese, não é a aprendizagem que deve se ajustar ao alunos, ensina mas sim o ensino que deve potencializar a aprendizagem.

AVALIAÇÃO

A avaliação subsidia o PROFESSOR com elementos, para uma reflexão continua sobre a sua pratica, sobre a criação de novos instrumentos de trabalho e a retomada de aspectos que devem ser revistos, ajustados ou reconhecidos como adequados para o processo de aprendizagem individual ou de todo o grupo.

Para o ALUNO, é o instrumento de tomada de consciência de suas conquistas, dificuldades e possibilidades para a reorganização de seus investimentos na tarefa de aprender.

Para a ESCOLA a avaliação possibilita definir prioridades e localizar quais aspectos das ações educativas demandam maior apoio.

DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO

DATA: 27-03-2014

TEMA5: Organizando as atividades socializadoras

TEMA6: A pedagogia de Projetos em Célestin Freinet

A qualidade da atuação da escola não pode depender somente da vontade de um outro professor. É preciso a participação conjunta dos profissionais (coordenadores, professores, diretores ).Para tomada de decisões sobre aspectos da prática didática, bem como sua execução. Essas decisões serão necessariamente diferenciados de escola para escola, pois do ambiente local e da formação dos professores.

As metas propostas não se efetivarão em curto prazo. É necessário que os profissionais estejam comprometidos, despenham de tempo e de recursos, dificuldade e limitações sempre estarão presentes, pois na escola se manifestam os conflitas existente na sociedade.

As considerações feitas são para auxiliar os professores na reflexão sobre suas práticas e na elaboração do projeto educativo da sua escola.

Não são regras a respeito do que se deve ou não deve fazer, no entanto é necessário estabelecer acordo nas escolas em relação as estratégias didáticas mais adequadas.

A qualidade da interação do professor sobre o aluno ou grupo de alunos, as matérias didáticas, organização e estrutura das classes a seleção de conteúdos e a proposição de atividades para que o caminho seja percorrido com sucesso.

HISTORIA DA EDUCAÇÃO E DA PEDAGOGIA

DATA: 06-03-2014

AVA TEMA 5: Renascimento: Humanismo, Reforma e Contra reforma

TEMA 6: Século XVII: Pedagogia Realista

O século XVII, conhecido como o século do método, pois a razão passa a ser colocada no centro de todos os debates e a questão central é sobre o conhecimento humano.

A nova concepção de ciências e a valorização de técnica do método experimental e sensível visando investigar a natureza como fazer de melhor conhecê-la e dominá-la.

DESCARTES: Autor do Racionalismo colocando a razão como ponto de partida para o conhecimento anterior a qualquer experiência que se possa obter da realidade, existe um ser que pensa, divide, questiona e conhece.

LOKE: Autor que defende o empirismo, teoria que coloca a experiência como ponto de partida no processo de conhecimento. Todo e qualquer, conhecimento obtido da realidade , nós advêm da experiência.

COMÊNIO: Conhecido como pai da didática, já que com sua didática Magna propõe um ensino que seja eficaz seguro e atraente , a fim de que se passa aprender. O ideal de Comênio de ensinar tudo a todos de modo que por meio de experiência, concreto sujeito passa ir dos saberes mais simples aos mais complexos.

O realismo pedagógico e a idéia de que o olhar do homem se volte ao que e concreto pode ser observado e experimentado. E a mudança de um conhecimento que visa a técnica,

RESPONDA:

1- Qual é a concepção de ciência da pedagogia realista?

R:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.7 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com