TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS COMO RECURSO PARA A APRENDIZAGEM

Por:   •  5/11/2019  •  Resenha  •  697 Palavras (3 Páginas)  •  12 Visualizações

Página 1 de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO[pic 1]

DISCIPLINA: INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO

ALUNA: SABRINA PACHECO DE LIMA


RESENHA DO TEXTO: O USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS COMO RECURSO PARA A APRENDIZAGEM

A autora do presente artigo nos instiga a perceber a marcação do crescente desenvolvimento das tecnologias da informação e da comunicação nos últimos anos em nossa sociedade, e nas mais variadas esferas em nossa rotina. Em todo o artigo podemos constatar a importância das tecnologias e o quão significativo se torna seu uso na educação. Segundo Barros (2009) a tecnologia deve ser usada a favor do ser humano, facilitando suas atividades, adequando as necessidades positivamente, se tornando um hábito no cotidiano afim de potencializar as capacidades de cada um.

A escola como principal instituição que media de maneira formal o ensino, tem, ou deveria ter como responsabilidade acompanhar as transformações do “mundo tecnológico”, visando propiciar condições mais favoráveis para a efetivação dessas novas tecnologias, no intuito de saber utilizá-las sem restrição no espaço de ensino. A autora trata neste texto sobre a introdução e aprimoramento do uso das novas tecnologias na vertente da educação, intencionando promover um ensino mais eficaz, e capaz de consolidar com plenitude a construção do saber.

No decorrer do texto a autora faz uma breve contextualização histórica da informática na educação em nosso país, o Brasil. A utilização dos computadores na educação é algo tão decorrido quanto a adoção mercante dos mesmos. Tudo começa na década de 50 quando os computadores com capacidade de programação e armazenamento de informação começaram a ser comercializados, surgem então as primeiras experimentações do seu uso na educação.

- Em 1971 com o apoio da Universidade de Dartmouth/EUA, aconteceu na USP de São Carlos, um seminário intensivo sobre o uso do computador na vertente da Física. Sendo a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Universidade Estadual de Campinas e Universidade Federal do Rio Grande do Sul, as pioneiras no processo de investigação na educação brasileira sobre a utilização dos computadores. Após essa data, muitos seminários, projetos, pesquisas e mobilizações de diversas universidades ocorreram, e cada vez mais tornava-se necessário o uso da informática na educação para promoção de novos e mais eficazes saberes.

- Foi a partir da década de 1980, mais especificamente no ano de 1983 que os maiores projetos governamentais sobre a informática educativa passaram a ser efetivados de uma forma mais expansiva, com a criação do Projeto Educom (Educação com computadores), cujo intuito era formar especialistas capazes de usar o recente software. O projeto Educom foi o pontapé inicial para que os computadores fossem levados até a rede pública de ensino, sendo concebido através de cinco centros piloto.

- Em 1986 e 1987, houve a criação do Comitê Assessor de Informática para Educação de 1º e 2º graus (CAIE/SEPS), que a partir do Projeto Educom, visava elucidar direções para a política nacional de informática educacional. Ainda no ano 1987 efetuou-se a criação do Projeto CIED que intentava a implantação de Centros de Informática e Educação e também o Projeto Formar que vislumbrava a formação de recursos humanos (TAJRA, 2012). O Projeto Formar veio para a capacitação de professores, pois até então o país não dispunha de muito conhecimento na área técnica científica, decorrente disso, o MEC optou por dar início às atividades mediante pesquisas desenvolvidas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.6 Kb)   pdf (81.1 Kb)   docx (20 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com