TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS Psicologia Humilhação Social

Por:   •  24/11/2013  •  754 Palavras (4 Páginas)  •  304 Visualizações

Página 1 de 4

APRESENTAÇÃO:

O presente trabalho tem como objetivo a construção de uma fundamentação teórica-prática referentes aos conceitos de humilhação social e invisibilidade pública, e na identificação desses fenômenos na vida cotidiana. Ser invisível é sofrer a indiferença, é não ter importância. Essa maneira de discriminação está cada vez mais inserida na sociedade. A invisibilidade social é um conceito aplicado a seres socialmente invisíveis, seja pela indiferença ou pelo preconceito.

Há vários fatores que podem contribuir para que essa invisibilidade ocorra: sociais, culturais, econômicos e estéticos.

Com encontros semanais as tarefas foram divididas entre o grupo, e as informações e orientações passadas pela tutora presencial e tutora EAD.

PARTE 1

PARTE 2

PARTE 3

De acordo com o que foi solicitado na etapa 3, foi realizado no dia 22 de Março de 2013, entrevista com a Srº Aparecida Souza Lima, 36 anos, casada, trabalha na função de Auxiliar de Limpeza, onde foram feitas as seguintes perguntas, com as subsequentes respostas:

1. Como é efetuado o seu trabalho?

Resposta: eu varro o chão, passo cera, recolho o lixo, e limpo as mesas do escritório.

2. As pessoas ao seu redor reconhecem o seu trabalho?

Resposta: a maioria das pessoas reconhece o meu trabalho, porque faço tudo direitinho.

3. Qual a sua opinião a respeito às pessoas em relação ao seu trabalho?

Resposta: existem muitas pessoas desonestas, que fazem mal para as outras, por isso algumas pessoas às vezes conversam comigo com olhar de desconfiança.

4. Você já teve algum fato que possa relatar sobre experiências boa ou ruim no trabalho?

Resposta: uma vez, quando trabalhava em outra empresa, estava limpando o chão do escritório e todos estavam cantando parabéns para uma moça que estava fazendo aniversário, eu estava ali pertinho e ninguém me chamou, nem para me dar um pedaço de bolo, mas toda a sujeira foi deixada para eu limpar, sei que é o meu serviço, mas fiquei muito chateada.

5. Você gosta da sua profissão?

Resposta: eu gosto muito, gostaria muito de ter estudado, mas fui trabalhar muito cedo para sustentar meus irmãos, pretendo um dia trocas de profissão.

Fernando Braga da Costa escreveu um livro “ Homens Invisíveis, Relatos de uma Humilhação Social”, editora globo, ano de 2004, o livro traz relatos do autor e dos garis, relatos de humilhação social já anunciados pelo título do livro, mas o que interessa é afirmar o compromisso que Costa exerce com a sociedade ao desenvolver este projeto e como desta forma propicia um resultado crítico, uma psicologia crítica, denunciando comportamentos preconceituosos nesta sociedade.

Os garis foram os sujeitos de sua pesquisa, todos trabalhadores da Universidade de São Paulo, e mesmo antes de iniciar este projeto é possível que o psicólogo tivesse observado no campus universitário ou observado outros garis pelas ruas da cidade. Mas, foi ao acompanhar a rotina destes garis que o autor

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com