TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Antropologia Cultural

Por:   •  7/4/2013  •  884 Palavras (4 Páginas)  •  1.698 Visualizações

Página 1 de 4

Trabalho de Antropologia Cultural

FADIRE – Faculdade de Desenvolvimento e Integração Regional

Aluna: Maria Aparecida Mendonça da Silva

Professora: Milena

Curso: Pedagogia

Turma: A

01. Em que momento a Antropologia se definiu como disciplina?

Muitos autores acreditam que isso ocorreu depois da revolução Iluminista, mas, após um debate mais claro, as origens do saber antropológico remontam à Antiguidade Clássica, passando por vários séculos.

02. O que foi a Antropologia Difusionista e quais foram seus representantes?

Ela foi uma reação ao evolucionismo, e sua contemporânea. Valorizava a compreensão natural da cultura, em termos de origem e extensão, de uma sociedade a outra. Para os difusionistas, o empréstimo cultural seria um mecanismo fundamental de evolução cultural. O difusionismo acreditava que as diferenças e semelhanças culturais eram consequência da tendência humana para imitar e a absorver traços culturais, como se humanidade possuísse uma “unidade psíquica”, como defendia Bastian. Seus representantes principais foram Friedrich Ratzel, Grafton Elliot Smith, William James Perry, William H. R. Rivers, Fritz Graebner e Fr. Willhelm Schmidt.

03. Quais são as ideias centrais da Antropologia Interpretativa?

A Antropologia Interpretativa analisa a cultura como hierarquia de significados, pretendendo que a etnografia seja uma “descrição densa”, de interpretação escrita e cuja análise é possível por meio de uma inspiração hermenêutica. É crucial a leitura da leitura que os “nativos” fazem de sua própria cultura.

04. Quais as diferenças entre comportamento e cultura, segundo Leslie A. White?

Para ele, comportamento é “quando coisas e acontecimentos dependentes de simbolização são considerados e interpretados face à sua relação com organismos humanos, ou seka, em um contexto somático” – relativo ao organismo humano. Já cultura é “quando coisas e acontecimentos dependentes de simbolização são considerados e interpretados num contexto extra-somático, isto é, face à relação que têm entre si, ao invés de com os organismos humanos” – dessa vez, independente do organismo humano.

05. Quais são as classificações de localização da cultura?

As coisas e acontecimentos que constituem a cultura, segundo Leslie A. White, encontram-se no espaço e no tempo, e são classificadas em intra-orgânica (dentro de organismos humanos), interorgânica (dentro dos processos de interação social), e extra-orgânica (dentro de objetos materiais).

06. Quais são os componentes da cultura? Comente um pouco sobre cada um.

Conhecimentos – todas as culturas possuem grande quantidade de conhecimentos que são cuidadosamente transmitidos de geração em geração.

Crenças – a aceitação como verdadeira de uma proposição comprovada ou não cientificamente. Consiste em uma atitude mental do indivíduo, que serve de base à ação voluntária. Embora intelectual, possui conotação intencional.

Valores – São objetos e situações consideradas boas, desejáveis, apropriadas, importantes, ou seja, para indicdar riqueza, prestígio, poder, crenças, instituições, objetos materiais, etc. O valor expressa sentimentos, além de incentivar e orientar o comportamente humano.

Normas – Regras que indicam os modos de agir dos indivíduos em determinadas situações, Consistem, pois, em um conjunto de ideias, de convenções referentes àquilo que é próprio do pensar, sentir e agir em dadas situações.

Símbolos – Realidades físicas ou sensoriais aos quais os indivíduos que os utilizam lhes atribuem valores ou significados específicos. Geralmente representam ou implicam coisas concretas ou abstratas.

07.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com