TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estudo Dirigido Psicologias Cap. 2

Monografias: Estudo Dirigido Psicologias Cap. 2. Pesquise 807.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  6/1/2015  •  659 Palavras (3 Páginas)  •  650 Visualizações

Página 1 de 3

1. Qual a importância de se conhecer a história da Psicologia?

Para conhecer em sua profundidade, sua diversidade e em que ela está centrada, para assim entendermos as demais áreas do conhecimento e a insaciável necessidade do homem em se compreender.

2. Quais as condições econômicas e sociais da Grécia Antiga que

propiciaram o início da reflexão sobre o homem?

A Grécia possuía uma população minimamente planejada, exercitavam a expansão de suas terras com a conquista de novos territórios. Seu regime de governo e os problemas econômicos e sociais levaram os seus pensadores a uma reflexão sobre o homem e a necessidade de compreender-se.

3. Quais as contribuições fundamentais para a Psicologia apontadas nos

textos de Sócrates, Platão e Aristóteles?

Sócrates postulava que a principal característica humana era a razão e que isso nos diferenciava dos animais. Ela era a essência humana.

Platão procurava definir um lugar para a razão no nosso corpo. Definiu como sendo a cabeça, onde se encontra a “alma” do homem, e a medula seria o elemento de ligação entre a alma e o corpo.

Aristóteles defendia que a alma não pode ser separada do corpo, pois esta era o princípio ativo da vida. Para ele os vegetais possuíam alma vegetativa, os animais alma sensitiva e os humanos possuiriam alma vegetativa, sensitiva e racional.

4. Com a hegemonia da Igreja, na Idade Média, qual a contribuição de

Santo Agostinho e São Tomás de Aquino para o conhecimento em

Psicologia?

Ele postulava que a alma não era somente a sede da razão, mas também uma manifestação divina do homem, sendo a ligação de Deus com sua criatura. Sendo a alma sede do pensamento, a Igreja passa a se preocupar mais com sua compreensão. São Tomás de Aquino encontrou argumentos racionais para

justificar os dogmas da Igreja e continuou garantindo para ela o monopólio

do estudo do psiquismo.

5. Em qual período histórico situa-se a contribuição de Descartes para a

Psicologia? Qual é essa contribuição?

No Renascimento. Descartes defendia a separação da mente e corpo, dessa forma afirmava que o homem possui uma substância material e uma pensante e que o corpo sem alma é apenas uma máquina, possibilitando com essa teoria, o estudo do corpo humano morto, que era impensável nos séculos anteriores.

6. Quais as contribuições da Fisiologia e da Neurofisiologia para a

Psicologia?

Para se conhecer o psiquismo humano, era preciso conhecer como se dava o funcionamento do seu cérebro. Assim, as descobertas da Fisiologia e Neurofisiologia foram de extrema importância, como por exemplo: por volta de 1846, a Neurologia descobre que a doença mental é fruto da ação direta ou indireta de diversos fatores sobre as células cerebrais. A fisiologia estudava a percepção das cores como fenômenos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com