TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Mitos E Verdades Sobre A Psicologia E Os Psicológos

Por:   •  26/9/2014  •  1.833 Palavras (8 Páginas)  •  523 Visualizações

Página 1 de 8

MITOS E VERDADES SOBRE A PSICOLOGIA E OS PSICÓLOGOS

MITO: Psicólogo não tem problemas. VERDADE: Psicólogo não é Deus, não sabe tudo, é

MITO: Psicólogo bate papo. VERDADE: Psicólogo elabora diálogos internos e planeja diálogos externos, faz conversação com finalidade.

MITO: O Psicólogo adivinha e descobre tudo. VERDADE: Psicólogo não tem bola de cristal, estuda e faz ciência.

MITO: A Psicoterapia cria dependência. VERDADE: Psicoterapia é escolha e uma das muitas possibilidades de ajuda.

MITO: Psicoterapia e Terapia são a mesma coisa. VERDADE: Psicoterapia é o estudo da Psicologia. É ciência, não é alternativa.

MITO: Só pessoas problemáticas e fracas procuram o Psicólogo. VERDADE: Qualquer pessoa que deseja se conhecer melhor, elaborar sofrimentos e criar novas possibilidades na resolução de vida, procura o Psicólogo. "As pessoas não podem e não devem ser classificadas em fracas ou fortes. O que de fato se observa é que há formas diferentes de sentir, expressar e resolver o mesmo problema. Ou seja, as pessoas se comportam de formas diferentes passando pelos mesmos problemas."

MITO: O tratamento psicológico não acaba nunca. VERDADE:A Psicoterapia é no tempo de cada um. A individualidade, a problemática e o desenvolvimento de cada pessoa é que define o término do tratamento. " A duração do tratamento é negociada entre terapeuta e cliente. De acordo com a necessidade do caso. Há a possibilidade de se trabalhar com números de sessões pré-determinadas. O que ao seu término poderá ou não justificar o acréscimo de novas sessões. Tal situação será discutida pelo terapeuta e pelo cliente juntos."

Quando é necessário procurar um psicólogo? Quando vivenciamos momentos em que nos sentimos desconfortáveis, seja em função de dúvidas, problemas, desejo de reestruturar nossas vidas ou ainda pela necessidade de um maior autoconhecimento. Vão pensar que estou doente, desequilibrado?

Esta crença esta relacionada com a classificação errônea do psicólogo como "médico de cabeça" e do paciente como doente. Trata-se de um preconceito que vem pouco a pouco sendo quebrado, tendo em vista que, como citei anteriormente, a figura do psicólogo está presente em diversos locais e situações (escolas, empresas, clubes esportivos, projetos comunitários...), o que tem contribuído para desmistificar a figura deste profissional e consequentemente das pessoas que procuram por seu auxílio. O psicólogo é um médico que mexe com a cabeça? O psicólogo não é médico e tão pouco mexe com a cabeça das pessoas. É um profissional que pode auxiliar na busca de alternativas para a resolução de dificuldades, por meio do questionamento e da busca de “ferramentas” para melhor compreensão de vivências pessoais, pensamentos e modos de se relacionar com as pessoas e com o meio em que estão inseridas. Será que não haveria mesmo um jeito de eu sair disto sozinho? Sou incapaz de resolver meus próprios problemas?

Deve-se pensar no psicólogo como um espelho que o auxilia a enxergar coisas que não estão evidentes ou encontram-se em lugares onde você não pode enxergar sozinho. Utilizar-se de ferramentas para atingir objetivos com eficiência e rapidez não é sinal de fraqueza e sim de inteligência e força interior. O que vão pensar meus amigos e parentes? Todos já tiveram contato com um psicólogo em alguma circunstância de suas vidas, de forma que, independentemente do que as pessoas possam pensar, seu bem estar deve ser colocado em primeiro lugar, uma vez que isto influenciará inclusive na qualidade do relacionamento que se pode estabelecer com parentes e amigos. Vou pagar para ouvir conselhos? O psicólogo não deve ser colocado no lugar daquele que dá conselhos, até porque não é esteseu papel. Ele é um profissional com profundos conhecimentos no comportamento humano e com uma formação continuada, e como tal tem seus honorários. Isto é o que permite mantê-lo como um especialista eficiente e dedicado. O psicólogo vê através das pessoas? Não. O psicólogo não é nenhum tipo de investigador de polícia ou mágico com uma bola de cristal para descobrir suas intimidades. Nem é esse o objetivo da Psicologia. O psicólogo é um profissional trabalha em conjunto com o paciente, em busca da solução de problemas que sejam de interesse deste, e nunca violando ou desrespeitando sua intimidade. Porém, é verdade que quanto melhor o vínculo terapêutico e maior a liberdade que você tiver para expor suas dificuldades, melhores serão as ferramentas que o psicólogo terá para te ajudar. O tratamento psicológico é demorado?

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.7 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com