TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RELAÇÃO COM A FAMÍLIA - INTERGERAÇÕES

Por:   •  28/5/2017  •  Ensaio  •  741 Palavras (3 Páginas)  •  102 Visualizações

Página 1 de 3

RELAÇÃO COM A FAMÍLIA/ INTERGERAÇÕES

Pesquisa apresentada à disciplina Maturidade e Velhice, da Faculdade Ruy Barbosa, visando à obtenção de créditos parciais da mesma.

  1. INTRODUÇÃO

  Nos dias atuais, devido às melhores condições e qualidade de vida, os avanços médicos e tecnológicos a expectativa de vida vem aumentando constantemente, trazendo assim algumas mudanças sociais.

Essas mudanças sociais se baseiam na convivência e co-residencia de três ou mais gerações na família.

Os pesquisadores vêm demonstrando que existem varias formas de conceituar e demonstrar as diferentes formas de relações entre as famílias. Por meio desta foi possível identificar a longevidade humana e a relação residencial entre esse idoso com três ou mais gerações. Essa relação entre as gerações vem trazendo benefícios, apoio e trocas de experiências como forma de aprendizagem.

A pesquisa trata e traz a mudança da estrutura familiar e que vem se dando pelo motivo em que os filhos vêm prolongando a saída de casa por conta da dificuldade apresentada pelo mercado de trabalho, e do auto-sustento.[pic 1]

Traz da importância da família para a saúde de um individuo, trazendo um sentido de que não existe um o modelo obrigatório de família tradicional.

[pic 2]

O sentimento de pertencer e de esta nesta família envolve alem de afeto, liberdade e reciprocidade, traz aspectos conscientes e inconscientes, portanto podemos dizer que a família traz fundamental importância para a compreensão de sua participação na família à qual pertence, isso levanta importante questões que indagam a sociedade qual é o papel e o grau de importância desse indivíduo?

Para uma resposta bastante coerente se faz necessário o convívio da família com o idoso e a interação direta com a sociedade. Essa interação se dá diretamente quanto à importância dos avós na participação da vida das crianças, principalmente ao ser designado um dia especifico para os avós,  para demonstrar a importância dessas figuras na vida e no convívio das crianças.

Essa importância serve como um reflexo entre as gerações, o tratamento desses avós servirá de molde para o conceito e a importância desse indivíduo e para a formação de uma conduta quanto ao conceito  que esta sendo apresentado a geração mais jovem da família.

Na sociedade atual existe uma visão do idoso que pode ser central ou periférico e que levanta questões como autoridade, hierarquia, saúde, interação e força.[pic 3]

 

                               Devido essa longevidade pode-se encontrar a presença de bisavós nessas famílias. O papel dos bisavós é bastante parecido com os dos avós, mas as vezes podem ocorrer conflitos entre os bisavós e os netos, devido a grande diferença de idade.

  Diante dos fatos apresentados acima é de grande importância o papel que é representado pelos avós, e que ele exercem uma influencia muito forte sobre a família e a comunidade na qual ele esta inserido. E é através de suas experiências, que situações que poderão se acometer sobre a família será resolvidas ou se tornarão menos estressante. Neste caso se faz de grande importância a participação e a inserção deste idoso em atividades sociais e o convívio direto com a família.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.7 Kb)   pdf (131.3 Kb)   docx (16.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com