TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RELAÇÕES INTERPESSOAIS: COMPORTAMENTO ASSERTIVO

Por:   •  12/3/2013  •  1.552 Palavras (7 Páginas)  •  2.157 Visualizações

Página 1 de 7

RESUMO

A assertividade se encontra entre dois comportamentos opostos: a agressividade e a passividade (ou a não-assertividade). Os especialistas definem como sendo um comportamento comunicacional em que o sujeito não agride, não ofende nem desrespeita, mas também não se submete à vontade de outras pessoas; em contrapartida, exprime as suas convicções e defende os seus direitos. Esse comportamento está vinculado à alta auto-estima, embora também possa ser parte de um processo de desenvolvimento emocional. A assertividade é composta de expressões conscientes, diretas, claras e equilibradas, com o objetivo de comunicar as próprias idéias e os sentimentos ou defender os legítimos direitos sem a intenção de ofender. Entre os benefícios da assertividade, convém destacar que favorece a confiança na capacidade expressiva, eleva a auto-estima, contribui o bem-estar emocional, melhora a imagem social, promove o respeito pelos outros e possibilita as negociações e a satisfação dos objetivos que dependem da comunicação.

1. INTRODUÇÃO

Uma pessoa assertiva busca defender seus desejos, sem ignorar os dos outros. Faz abordagem direta, mas exprimindo respeito pela pessoa. Ouve e procura entender a perspectiva do outro. Aceita acordos e soluções integradoras. Expõe claramente suas posições, opiniões e sentimentos.

Aprender a ser mais assertivo pode levá-lo a uma maior liberdade emocional, de maneira geral. As pessoas pouco assertivas, passivas e inibidas costumam ter dificuldades para expressar emoções como ternura e afeição. A assertividade é uma necessidade para enfrentar o mundo das incertezas, é o equilíbrio entre a socialização e individualidade.

2. ASSERTIVIDADE

Assertividade é uma maneira de manifestar suas necessidades ou preferências, emoções e opiniões, sem ansiedade indevida ou excessiva e sem ser hostil com o outro. É um comportamento que permite defender os próprios direitos sem violar os direitos dos outros.

O comportamento assertivo pode ser definido como aquele que envolve a expressão direta, pela pessoa, das suas necessidades ou preferências, emoções e opiniões sem que, ao fazê-lo, ela seja hostil para o outro. É o comportamento que permite defender os próprios direitos sem violar os direitos dos outros. Para compreender a assertividade é preciso conhecer o comportamento não assertivo, porque quando uma pessoa não é assertiva, recorre para um de três tipos de comportamentos: passivo, agressivo ou manipulativo.

O Comportamento Passivo é aquele em que a pessoa falha na expressão das suas necessidades ou preferências, emoções e opiniões. Na medida em que a pessoa que tem este comportamento é a primeira a violar os seus próprios direitos, acaba por dar ao outro a permissão para, também ele, o fazer.

O Comportamento Agressivo é aquele em que a pessoa expressa as suas necessidades ou preferências, emoções e opiniões, mas de uma forma que é hostil, exigente, ameaçadora ou punitiva para com o interlocutor. A pessoa que tem este comportamento defende os seus direitos, mas faz à custa da violação dos do outro.

O Comportamento Manipulativo é aquele em que a pessoa expressa as suas necessidades ou preferências, emoções e opiniões de uma forma implícita ou indireta, em que há contradições no conteúdo ou entre o conteúdo e o comportamento não verbal. É o caso de mensagens cujo objetivo é levar o interlocutor a adivinhar o que quer dizer ou a sentir-se tão mal ou responsável pela pessoa que fará o que ela quer, ainda que contra a sua vontade. A pessoa que tem este comportamento procura a satisfação das suas necessidades violando os direitos dos outros, mas faz de forma indireta.

A assertividade é um comportamento que pode ser aprendido, o indivíduo pode aprender um conjunto de competências que lhe permitam comportar-se com maior assertividade. A assertividade pode depender muito da situação em que a pessoa se encontra, pois algumas pessoas são altamente assertivas no trabalho, com seus colegas e pouco assertiva em casa ou em vivências sociais, onde podem se mostrar agressivas ou tímidas. A assertividade está intimamente ligada ao autoconhecimento. Se você não sabe o que quer, você vira uma pessoa passiva. Para conseguir ser assertivo você precisa, em primeiro lugar, ter autoestima e isso começa a ser construído na infância. Poucas pessoas tiveram experiências positivas suficientes na infância. Um exemplo em que quando se é criança, ouvia a seguinte mensagem: "Diga a senhora Fulana que ela está bonita, mesmo que ela esteja horrível". Essa orientação para agradar o outro, mentindo ou negando a si mesmo, é um dos inimigos do comportamento

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.4 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com