TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha filme uma mente brilhante

Por:   •  10/4/2017  •  Resenha  •  930 Palavras (4 Páginas)  •  248 Visualizações

Página 1 de 4

O filme “Uma Mente Brilhante” é baseado em fatos reais e conta a história de John Nash, um jovem inteligente que aos 21 anos desenvolve uma tese relacionada à teoria dos jogos que revoluciona a economia e passa a ser considerado um gênio da matemática. John tem sérios problemas em conseguir se relacionar com outras pessoas, alega que as pessoas não gostam dele, tem como único amigo seu companheiro de quarto da faculdade Charles, apesar desse problema John desperta o interesse de uma bela aluna chamada Alicia, com quem mais tarde se casa e tem um filho.

Após ser chamado pelo governo americano para ajudar a solucionar um problema de criptografia de códigos, mas sem que lhe deem maiores informações, John passa a ter delírios e alucinações acreditando que foi recrutado para trabalhar para o governo ajudando a solucionar códigos para encontrar uma bomba da época da 2º guerra mundial, passa a acreditar também que esta sendo perseguido pelo serviço secreto russo que querem impedir que eles cheguem ate a bomba. Suas alucinações passam a ser cada vez mais frequente, John passa a ter uma alteração no seu comportamento, com mania de perseguição e se torna mais agressivo, ate que é internado em um hospital psiquiátrico onde é diagnosticado com esquizofrenia, no hospital sua esposa fica sabendo que as alucinações de John começaram muitos anos antes, já que Charles o companheiro de dormitório e melhor amigo de John nunca existiu.

No hospital John é submetido a um tratamento com diversas sessões de eletrochoque, depois de um tempo de internação recebe alta e continua o tratamento com base nos remédios em casa, com isso ele deixa de ter os delírios e alucinações causados pela doença, mas passa todo o seu tempo isolado em casa, os efeitos do remédio impedem que ele consiga trabalhar como fazia antigamente, dificultam que ele consiga ter uma vida sexual ativa com sua esposa e também que ajude em tarefas como cuidar de seu filho, devido a isso ele decide parar de tomar os remédios, escondendo-os toda vez que sua esposa o entrega para que ele tome. Em pouco tempo todos os sintomas voltam, John volta a ter alucinações com Parcher que o convence de que ele trabalha sim pro governo americano e que o hospital psiquiátrico e a doença foram uma armação dos russos, por um tempo ele consegue disfarçar a volta dos sintomas, ate que um dia sua esposa descobre o quarto onde John acredita ser a base montada para que ele trabalhe, devido às alucinações ele acaba colocando em risco a vida de ser filho, deixando-o sozinho na banheira, após esse episodio Alicia liga para o médico responsável pelo tratamento de seu marido, durante essa crise John percebe que suas alucinações não podem ser reais, já que a sobrinha do seu amigo Charles nunca envelhece. Após a chegada do médico John reconhece que parou de tomar os remédios e que está tendo alucinações, mas não quer voltar para o hospital e passar por novas sessões de eletrochoque, tratamento colocado pelo psiquiatra como a única opção.

Alicia resolve dar um voto de confiança a John, que acredita poder controlar sua doença sem passar pela internação, ela não assina o termo de responsabilidade que autoriza o hospital a leva-lo, John passa a conviver com as suas alucinações, mas a ignora-las. Alicia acredita que faria bem ao marido que ele voltasse ate a frequentar a faculdade onde trabalhava e convivesse com outras pessoas, o reitor da faculdade é um antigo colega de faculdade de John e o autoriza a frequentar a instituição, inicialmente ele ainda tem problemas em conseguir lidar com as alucinações, tendo algumas crises, mas continua insistindo, em alguns momentos o filme retrata o preconceito dos alunos com ele, quando eles o imitam e zombam dele. O tempo passa e um dia enquanto está na biblioteca John é procurado por um aluno que lhe mostra sua teoria, John então começa a discutir sua tese com ele e atrai alguns outros alunos para assistir suas explicações, ele então expressa ao reitor a vontade de voltar a lecionar, após algum tempo se torna um professor admirado e respeitado por seus alunos. Um dia ao termino de uma de suas aulas ele é procurado por um senhor que o conta que ele está sendo cogitado para o prêmio Nobel, prêmio que ele acaba ganhando. A parte final do filme mostra que John consegue levar a vida da forma mais normal possível, consegue conviver bem com a sua família e alunos, consegue trabalhar e ser produtivo, mas não deixa de ter os sintomas da esquizofrenia, ainda tem alucinações, mas passa a conseguir conviver com elas e controla-las.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)   pdf (44.3 Kb)   docx (11.9 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com