TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha psicologias

Por:   •  29/5/2015  •  Resenha  •  689 Palavras (3 Páginas)  •  1.346 Visualizações

Página 1 de 3

Citação: BOOK, Ana Mercês Bahia; FURTADO, Odair; TEIXEIRA, Maria de Lourdes Trasse. O Behaviorismo. A Psicanálise. In: Psicologias: uma introdução no estudo da psicologia. 13º ed. São Paulo: Saraiva, 1999. Cap. 3, P. 45-58. Cap. 5, P. 70-84

O capitulo 3 trata do Behaviorismo, o termo foi difundido por John B. Watson que traduzido para o português significa “comportamento”. Watson trouxe o que o que os psicólogos da época procuravam, algo mensurável; palpável. E foi essa característica que tornou a psicologia em ciência.

Desde então o comportamento foi o objeto de estudo da psicologia, mas seu sentido foi modificando durante as décadas. O comportamento não seria mais visto como algo isolado, interno do sujeito, mas as relações externas estão relacionadas com essas ações, como a autora coloca “O behaviorismo dedica-se ao estudo das interações entre o indivíduo e o ambiente”, colocando as ações dos indivíduos como respostas à estímulos do ambiente. Os termos “resposta” e “estimulo” abordado pelos psicólogos tem duas razões de ser, uma metodológica e outra histórica, que vai ser brevemente discutido no capitulo.

As autoras trazem uma discussão do Behaviorismo de Skinner, ou behaviorismo radical, como o mesmo nomeia. Esta teoria se baseia no comportamento operante, que para ser compreendida é retomada o conceito de comportamento respondente ou de reflexo.  As duas teorias são bem desenvolvidas e explicadas durante o capitulo, junto a interpretação dos termos “reforçamento” que pode ser positivo ou negativo, sendo neste último haver dois processos importantes, o de esquiva e fuga.  Outros processos que foram analisados pelo decorrer da análise do comportamento e descritos no texto são os de extinção, punição.

Em próximo tópico as autoras tratam do controle de estímulos e dois importantes processos deste, o de discriminação de estímulos e o de generalização de estímulos. Com essa analise o capitulo é concluído com a discussão da aplicação do behaviorismo, exibindo diversas áreas de aplicação como por exemplo na educação.

O capitulo 5 vai abordar de maneira breve a formação de Sigmund Freud o fundador da teoria da psicanalise, o texto relata as experiências com outros médicos como o psiquiatra Jean Charcot que utilizava a sugestão hipnótica como tratamento de histerias; e com o médico Josef Breuer, que tinha uma paciente com surtos e por meio da hipnose ela relatava a origem de seus problemas, e de acordo com as recordações das cenas e das antigas vivencias, os sintomas iam desaparecendo. Breuer denominou seu tratamento de método catártico.

Freud inicia seus tratamentos com o método da hipnose, mas abre mão com o tempo, pois nem todos os pacientes se deixam hipnotizar, passou então a utilizar o método catártico de Breuer e aos poucos foi o modificando, utilizando a técnica de concentração. A partir disso Freud descobre o inconsciente, e que o esquecido/perdido independente de ser algo bom ou ruim era armazenado lá. Com as sessões o paciente liberava os afetos, mas em grade parte havia uma resistência, Freud chamou de “repressão” essa barreira psíquica.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.6 Kb)   pdf (68.4 Kb)   docx (12.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com