TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Uma integração teórica entre psicossomática, stress e doenças crônicas de pele.

Por:   •  17/5/2015  •  Resenha  •  816 Palavras (4 Páginas)  •  207 Visualizações

Página 1 de 4

Uma integração teórica entre psicossomática, stress e doenças crônicas de pele.

        O presente artigo nos mostra a necessidade de um melhor manejo do desequilíbrio físico e mental do sujeito. A necessidade de uma compreensão mais ampla desse ser, não só com um corpo físico, mas também constituída de outras dimensões como a psíquica, social, econômica e cultural vão nos proporcionar um entendimento mais abrangente do fenômeno do processo saúde doença, considerando o ser humano integral.

        A abordagem psicossomática abarca uma visão de integralidade do homem, corpo e mente integrado com o contexto social, onde os aspectos psicológicos e biológicos são inseparáveis e interdependentes para a humanidade.

        Para diversos autores a psicossomática deve questionar o conceito de saúde doença sobre ha influencia de cinco dimensões: bio, psico, social, espiritual e ecológica que possuem uma dinâmica diversificada para cada sujeito.

        Melo Filho nos traz um conceito de psicossomática moderno com três fases de evolução:

        1º Psicanalise – enfoque no inconsciente teoria da regressão

        2º Behaviorista – auxiliada pelas ciências exatas

        3º Multidisciplinar – mais atual

        O artigo nos ressalta a importância do fenômeno stress no processo saúde doença. Onde este seria um recurso para enfrentar as situações que lhe exijam adaptações. Isto é, a maneira como o sujeito flexibiliza suas atitudes frente às situações estressantes da vida e como as conduz para um melhor relacionamento consigo mesmo e com os outros.

        STRESS enquanto fenômeno = resposta do individuo diante do estimulo

        STRESS enquanto processo = a tensão desencadeada pela situação

        STRESS enquanto estado = é o resultado diante da situação.

        Enquanto estado podemos afirmar que o mesmo pode ser:

  • Positivo = uma reação saudável chamada de Eutress
  • Negativo = uma consequência desagradável chamada de Distress 

        Quanto a origem do stress pode ser: Externa – situação cotidiana, ou Interna – maneira como imagina e interpreta uma situação.

        As fases de desenvolvimento e graduação de seu nível podemos nomear de:

  • Alerta – fase preparatória
  • Resistência – busca manter uma homeostase interna
  • Exaustão – quebra da resistência, não suporta mais a situação, pode trazer lesões graves a órgãos mais frágeis.

        Não podemos deixar de mencionar ainda uma fase intermediaria entre a resistência e a exaustão que causam o enfraquecimento do sujeito frente aos estressores, onde as doenças podem surgir em níveis mais leves que na exaustão.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.6 Kb)   pdf (80 Kb)   docx (12.8 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com