TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Crianças com autismo: perspectivas de inclusão social

Por:   •  17/12/2018  •  Projeto de pesquisa  •  3.217 Palavras (13 Páginas)  •  29 Visualizações

Página 1 de 13

FACULDADE DO PIAUI – FAPI

COORDENAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL

RAÍSSA BORGES DINIZ

Crianças com autismo: perspectivas de inclusão social

TERESINA, PI

2017

RAÍSSA BORGES DINIZ

Crianças com autismo: perspectivas de inclusão social

Projeto de pesquisa apresentado como requisito

Avaliativo da disciplina de Elaboração de Projeto

De Pesquisa em Contexto Específico da Faculdade

Do Piauí – FAPI, sob orientação da Profª. Esp.

Luciana Evangelista Fernandes Franco.

TERESINA-PI

2017


SUMÁRIO

  1. TEMA...........................................................................................................................04
  2. DELIMITAÇÃO DO TEMA........................................................................................04
  3. OBJETIVOS.................................................................................................................05
  1. OBJETIVO GERAL....................................................................................................05
  2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS.......................................................................................05
  1. JUSTIFICATIVA..........................................................................................................06
  2. PROBLEMATIZAÇÃO...............................................................................................08
  3. METODOLOGIA.........................................................................................................12
  4. CRONOGRAMA .........................................................................................................13
  5. REFERENCIAS............................................................................................................14

1.TEMA: Garantia dos direitos das crianças com Autismo.

2.DELIMITAÇÃO DO TEMA:

O autismo tem sido estudado durante várias décadas, sendo uma síndrome presente desde o nascimento com manifestação antes dos 30 meses de idade. Os primeiros estudos formais sobre o tema foi em 1943, pelo autor e psiquiatra Leo Kanner, que conseguiu distinguir o Transtorno do Espectro Autista (TEA) a esquizofrenia. Mesmo depois da descoberta de Kanner existiam autores que insistiam com a comparação, além de atribuírem culpa aos pais pelo comportamento estranho dos filhos.  

 Na década de 60 começam a surgir organizações e associações que tinha por finalidade a compreensão do que é o TEA e os seus sintomas. Mesmo com avanço dos estudos essas crianças eram vítimas de preconceito e exclusão social, sendo totalmente excluídas da sociedade por questão dos paradigmas criados para enquadrá-las ao modelo de sociedade.

Conforme Morani e Tonon (2012) devido às várias lutas e movimentos sociais essas crianças a partir da Constituição Federal de 1988, começam a ser vistas como um cidadão de direitos, ou seja, a partir deste período foram surgindo às políticas públicas relacionadas a esta população.

Portanto, o presente trabalho será desenvolvido com o intuito de mostrar a inclusão da pessoa com TEA tendo como base/fundamento a legislação que garante as políticas públicas para esta população.  Entre os problemas levantados tem-se: Como fazer para que haja a garantia dos direitos para as pessoas com TEA?

O desafio proposta conduz à investigação no âmbito jurídico e social, enriquecerá o debate em torno da questão que será desenvolvida tendo como referencia o município de Teresina mais especificamente na Associação de Amigos dos Autistas do Piauí – AMA/PI.

 

3. OBJETIVOS

3.1 OBJETIVO GERAL

Avaliar as opções de ação Institucional de familiares de autistas de 5 a 10 anos de idade assistidos pela AMA de Teresina, na efetivação de seus direitos com intuito de incluí-los na sociedade.

3.2 ESPECÍFICOS

Conhecer a AMA/Teresina e as ações desenvolvidas;

Analisar os direitos assegurados em lei Federal, do estado do Piauí e do município de Teresina;

Identificar a implementação desses direitos.

4. JUSTIFICATIVA

A perturbação do espectro do autismo (PEA) é atualmente considerada “pelo consenso científico como uma perturbação global e severa da relação, comunicação e do comportamento” (Telmo e Nogueira, 2013, p. 37), o que, consequentemente poderá ter implicações nas relações que as crianças com PEA estabelecem na família e fora dela, afetando a família como unidade, mas também cada membro individualmente.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (23.9 Kb)   pdf (262 Kb)   docx (25.5 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com