TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Saneamento Basico

Por:   •  20/2/2015  •  Tese  •  1.771 Palavras (8 Páginas)  •  57 Visualizações

Página 1 de 8

Saneamento Básico

O saneamento abrange as diversas maneiras de modificar as condições do meio ambiente com o objetivo de evitar doenças e promover a qualidade de vida e o bem-estar da população. Compreende desde os sistemas públicos de abastecimento e tratamento de água, de coleta e tratamento de esgotos, destino adequado do lixo e controle de vetores de doenças, até a higiene pessoal e domiciliar. Os benefícios do saneamento interferem em diversos aspectos da sociedade. Sistemas adequados de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgotos sanitários levam a uma queda no índice de doenças, aumentam a vida média da população beneficiada e diminuem a mortalidade infantil.

Como consequência indireta, ocorre também uma redução de incidência de doenças não relacionadas com a água, já que os problemas intestinais enfraquecem o organismo como um todo. Saneamento traz desenvolvimento econômico e prosperidade. Ao diminuir as ausências ao trabalho por doenças, gera mais produtividade e menos gastos com saúde pública e individual. Também proporciona empregos diretos e indiretos, sejam relacionados à implantação dos sistemas de saneamento ou de indústrias do segmento, cada vez mais especializadas e tecnologicamente desenvolvidas.

Benefícios do abastecimento e tratamento da água

O tratamento de água visa fundamentalmente:

1. Controlar e prevenir doenças.

2. Facilitar a prática de hábitos higiênicos, como: lavagem de mãos, limpeza de vasilhas, preparo dos alimentos, lavagem de roupas e banho diário, com a instalação de pias, tanques e chuveiros. turbidez. A água turva pode conter argilas, algas, matéria orgânica e todo tipo de dejetos.

3. As alterações na coloração têm diversas causas: quando a água se apresenta verde-escura, pode conter excesso de matéria orgânica, algas ou cianobactérias.

4. Restos industriais podem deixá-la leitosa (esbranquiçada) ou muito escura (cinzenta). A água tratada, ao sair da torneira, às vezes apresenta coloração esbranquiçada. Isso pode acontecer, por exemplo, quando há uma paralisação no sistema de abastecimento de água. Ao abrir a torneira, o ar que ficou retido sobre pressão expande, formando bolhas. Para que volte à coloração normal, basta deixá-la em repouso por alguns segundos. Para ser considerada potável, ou seja, apropriada para o consumo humano, a água precisa atender a alguns

Requisitos de natureza física, química e biológica.

A água fornecida é tratada e preenche todos os requisitos de potabilidade. São eles:

• Requisitos físicos: inodora (sem cheiro), incolor (sem cor, em pequena quantidade, e azulada, quando em grande quantidade), sabor indefinível (ao mesmo tempo distinto de qualquer outro líquido) e sensação de frescor.

• Alterações: causadas, principalmente, pela poluição. • As alterações de cheiro podem ser consequência da decomposição da matéria orgânica (animais ou plantas apodrecidas), lixo, esgoto, óleo queimado, carvão e detergentes que caem na água. • A alteração na limpeza é chamada de turvação ou

• Requisitos químicos: conter certa quantidade de oxigênio (arejada); conter, em pequena quantidade, sais minerais, como cálcio e magnésio; não conter sal tóxico.

• Alterações: causadas, principalmente, pela presença de elementos estranhos ou tóxicos, como arsênio, chumbo, cádmio e metais pesados, como mercúrio; ou pelo excesso ou ausência de cálcio ou magnésio.

• Requisitos biológicos: biologicamente, a água não pode conter organismos patogênicos, ou seja, os causadores de doenças.

• Alterações: a alteração biológica da potabilidade da água, denominada de contaminação, é causada pela presença de agentes patogênicos vivos, como vermes e bactérias, que podem passar pelos sistemas de tratamento quando não há um controle operacional adequado na Estação de Tratamento de Água (ETA). Limpeza Urbana;

A limpeza urbana e Manejo de Resíduos Sólidos

A limpeza urbana e o manejo de resíduos é outra espécie do saneamento básico, considerado o conjunto de atividades, infraestruturas e instalações operacionais de coleta, transporte, transbordo, tratamento e destino final do lixo doméstico e do lixo originário da varrição e limpeza de logradouros e vias públicas. Assim como no esgotamento sanitário, o manejo de resíduos envolve todo o seu ciclo desde a produção até

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.4 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com