TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O absenteísmo: suas causas e consequências na enfermagem

Por:   •  14/4/2019  •  Trabalho acadêmico  •  2.139 Palavras (9 Páginas)  •  2 Visualizações

Página 1 de 9

O absenteísmo: suas causas e consequências na enfermagem

SILVA, Sonia Regina Maciel Rodrigues da¹

ANDRÉ, Tatiane Geralda¹

FERRARI, Idalina Cristina²

Resumo

Introdução: A enfermagem é um campo da área da saúde, onde a atuação de seus profissionais esta direcionada ao cuidado do ser humano, na promoção, prevenção e recuperação do indivíduo e coletividade. De acordo com os dados do IBGE, cerca de 50% dos profissionais atuantes na área da saúde são da equipe de enfermagem, demonstrando assim a importância desses profissionais nas instituições de saúde e o impacto causado pelo absenteísmo de tais profissionais. Absenteísmo é o ato de se ausentar de uma atividade, no campo dos recursos humanos ele pode trazer diversos prejuízos à instituição, e na área da saúde, prejuízos também ao paciente. Objetivo: Caracterizar o absenteísmo da equipe de enfermagem de um hospital privado de grande porte, comparar esses dados com as taxas de absenteísmo à nível nacional e assim discutir suas causas e possibilidade de melhoria, beneficiando a instituição de saúde, os profissionais de enfermagem e principalmente o cliente/paciente. Metodologia: Trata-se de um estudo quantitativo, de coorte vertical, que faz analise documental do absenteísmo dos funcionários da equipe de enfermagem de um Hospital da revê privada de Saúde de Dourados-MS. Resultados: Evidenciou-se com esse estudo que técnicos de enfermagem (80%) e profissionais que trabalham no período diurno (78%) são os principais profissionais de enfermagem que entregam atestados médicos, de duração de 1, 2 ou 3 dias em 86% dos casos, sendo provenientes de hospitais públicos e privados, clínicas e postos de saúde. Conclusões: Razões evitáveis de absenteísmo devem ser solucionadas, seja por mecanismos de redução de estresse ou desgaste psicológico da carga de trabalho ou seja por medidas flexíveis que permitam a esse profissional se ausentar do serviço. Afim de trazer benefícios para o gestor, trabalhador e principalmente ao cliente/paciente

Palavras-chave: absenteísmo; enfermagem; hospitais privados;

Introdução

A enfermagem é um campo da área da saúde, onde a atuação de seus profissionais esta direcionada ao cuidado do ser humano, na promoção, prevenção e recuperação do indivíduo e coletividade. (FERREIRA, PÉRICO e DIAS, 2017; BRASIL, 2011)

De acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com a FIOCRUZ (2015), cerca de 50% dos profissionais atuantes na área da saúde são da equipe de enfermagem, demonstrando assim a importância desses profissionais nas instituições de saúde e o impacto causado pelo absenteísmo de tais profissionais.

Absenteísmo, também denominado absentismo ou ausentismo, é o ato de ausentar-se de uma atividade. Silva e Marziali (2000), define o termo como a falta do empregado ao trabalho, sendo a soma dos períodos que um trabalhador se ausenta da organização em que trabalha, motivado por licença legal. No campo dos recursos humanos ele pode trazer diversos prejuízos à instituição, e na área da saúde, prejuízos também ao paciente (ALVES et al, 2014).

O absenteísmo esta relacionada com causas pessoais do indivíduo (ex: acidentes, doenças) ou causas externas (ex: férias coletivas, suspensão temporária). Condições de trabalho, jornada e satisfação também estão relacionados com qualidade do serviço prestado e absenteísmo. Considerando os efeitos causados pelo absenteísmo na assistência de enfermagem, é de suma importância estudar o assunto e buscar métodos para reduzir essas taxas.

Objetivos

Objetivo principal

- Caracterizar o absenteísmo da equipe de enfermagem de um hospital privado de grande porte.

Objetivos específicos

- Comparar os dados obtidos através desse estudo com as taxas de absenteísmo à nível nacional.

- Discutir causas e possibilidade de melhoria do absenteísmo na enfermagem.

Metodologia

Trata-se de um estudo com abordagem quantitativa, de coorte vertical, descritivo que relaciona o absenteísmo dos profissionais de enfermagem de um hospital privado de grande porte do município de Dourados, Mato Grosso do Sul com variáveis pré estabelecidas. Essa investigação foi realizada através de uma análise documental, que revisou atestados e licenças arquivados  do setor de Recursos Humanos e na Diretoria de Enfermagem do hospital. Nesses documentos constavam o motivo do afastamento (CID – Classificação Internacional de Doença), tempo de afastamento e dados que auxiliavam separar os profissionais por profissão, respeitando o sigílo da pesquisa, foram utilizados também dados coletados da escala de enfermagem. Após, esses dados foram tabulados e posteriormente analisados.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (15.2 Kb)   pdf (144.9 Kb)   docx (18.2 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com