TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RESENHA PENSAMENTO CRÍTICO E RACIOCÍNIO CLINICO

Por:   •  10/9/2019  •  Resenha  •  454 Palavras (2 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 2

UNIVERIDADE SANTO AMARO- UNISA[pic 1]

RESENHA PENSAMENTO CRÍTICO E RACIOCÍNIO CLINICO

Disciplina: Pensamento crítico e Raciocínio clinico na Enfermagem

Aula teórica   Data: 16/08/2019

Tema da aula:  Pensamento crítico

NOME: Paula Aparecida Firmino Santana  

RA: 3836282

Av. Jerônimo de Ornelas, 670 – Santana 90040-340 Porto Alegre RS

SINOPSE

O texto retrata da grande importância da tomada de decisão para alcançar um diagnostico qualificado, pois em muitos hospitais não colocam em pratica essa etapa que faz toda diferença na hora de atender um paciente. Além de tomar decisões precipitadas e a tomada de decisão é crucial que os enfermeiros apliquem as ferramentas metodológicas para que seja organizado e direcionado para que não se esqueça de nenhuma fase do atendimento.

RESENHA PENSAMENTO CRÍTICO E RACIOCÍNIO CLINICO

O pensamento crítico e raciocínio clinico é um desenvolvimento cognitivo ou intelectual que se constitui no processo diagnostico, ou seja, é essencial para um cuidado seguro e eficiente.

Tanto o pensamento crítico quanto o raciocínio clinico são extremamente importantes e andam em conjuntos, pois é através dele que se adentrar a (SAE) e processo de enfermagem em que é uma ferramenta metodológica utilizada para organizar e orientar as fases da assistência de enfermagem para que assim tome uma tomada de decisão qualificada para obter o melhor diagnostico.

O pensamento crítico baseia-se no processo de enfermagem, em analisar e avaliar o aspecto do raciocínio, ou seja, ele vem acompanhado de três pilares que é pelo conceber aquela informação, julgar e raciocinar.

No entanto, o raciocínio clinico trata-se das etapas da SAE como a coleta de dados; diagnostico; planejamento; intervenção e avaliação e através destas que irá colher informações sobre o paciente, identificar o problema, fazer o planejamento junto com o PC que vai estabelecer a melhor técnica para o procedimento daquele cliente e por fim avaliar se deu ou não certo aquela técnica escolhida.

Entretanto, para realizar o processo de tomada de decisão é necessário que o profissional tenha a capacidade, habilidade e competência de um olhar amplo das doenças e dos métodos análogos e enxergar de maneira crítica, pois tomar uma decisão é algo difícil de fazer e é super importante.

 Em muitos hospitais os profissionais da área da saúde fazem essa escolha de uma forma não estruturada, de forma intuitiva isto porque não tem o preparo e o costume de planejar e de se organizar afinal este enfermeiro tem um dia para fazer este diagnostico e registrar este documento.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.1 Kb)   pdf (95.7 Kb)   docx (24.9 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com