TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Livro: O QUE É SAÚDE

Por:   •  20/5/2020  •  Resenha  •  6.751 Palavras (28 Páginas)  •  16 Visualizações

Página 1 de 28

LIVRO: ”O QUE É SAÚDE?”.[pic 1][pic 2]

O que é saúde? /Naomar de Almeida Filho. –Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2011. 160p. (Coleção Temas em Saúde)

Autor: NAOMAR DE ALMEIDA FILHO

O Livro “O que é Saúde” do Autor NAOMAR DE ALMEIDA FILHO, foi pensando no meado da década 1980, durante a formação de muitos docentes e pesquisadores na área da Epidemiologia. Ela era baseada na insatisfação de pobreza da teoria do campo Epidemiológico. Ao passar as décadas essa insatisfação foi se tornando cada vez mais forte, porém do outro lado havia a URGENCIA de preencher enorme lacuna epistemológica, imprescindível para o processo histórico de constituição do campo da saúde coletiva.

No ano 2000 surgiu Saúde para todos, liderado por líderes Intelectuais. Infelizmente Saúde para todos não passou de algumas tensões provocada pelos boatos maldosos. Ninguém se sentiu, mas sadio. Passou-se longos 10 anos o assunto se desfez (desapareceu). 

1946 - OMS (Organização Mundial da Saúde) reinventou o Nirvana é chamou de Saúde: “Estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não meramente ausência de doença ou incapacidade”.  O Resultado de tudo foi: Definir o que é saúde parecia bem mais difícil saber o significado de Saúde.

1978 - Se estabeleceu a respectivas constituições. “Que a saúde é direito de todos os cidadãos e cidadãs e que é compromisso de cada Governo Promovê-la como deve fundamental dos respectivos Estado”.  

1988 – A Constituição Federal de 1988(BRASIL). No seu artigo 196 reza: A Saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante politicas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso Universal e Igualitário as ações e serviço para a Promoção, Proteção Recuperação.

A partir desse momento todos os profissionais queria saber “O que é Saúde”. Como se mede e como se “Promove essa tal de Saúde”. Acabou se tornando uma pergunta sem resposta até o momento. Se a Saúde é o nosso objetivo afinal, O que é Saúde? O conceito de Saúde se tornou um ponto cego.

O Que é Saúde? O Livro está dividido em sete capítulos, cada um deles trazendo uma pequena introdução e o ponto de vista do autor Naomar Almeida Filho, sobre os temas em questão da saúde que é um ponto de interrogação. Além de breves comentários sobre o que será analisado adiante, erros e acertos.

Capítulo 01 - SAÚDE COMO PROBLEMA

O livro repate varias vezes é quer saber “O que é Saúde, Afinal”. A Saúde é um problema mundial, simultaneamente filosófico, científico, tecnológico, politico e pratico. Refere-se à realidade rica, múltipla e complexa, referenciada por meio de conceitos, apreensível empiricamente, analisável metodologicamente e perceptível por seus efeitos sobre as condições de vida dos sujeitos, ideias e processo relativo a tua saúde.

 

Etimologia e Glossário

             

              Relata os diversos Significados de Saúde em diversos idiomas. O que chama, mas atenção o significado BOLY (Sagrado ou Santo).

Saúde: Um Problema Filosófico e Cientifico

             

              O Grande Filosofo Grego Plantão conceitua a diferença de virtude e vício:

Virtude: Significa saúde, beleza, boa disposição de ânimo.

Vício: O contrario implica doença, feiura e fraqueza.

              Aristóteles define a saúde – doença sendo o “Homem é sadio”, significa atribuir –lhe uma qualidade afirmativa do mesmo modo, dizer “ O homem é doente” também é atribuir-lhe uma qualidade afirmativa. Nesse sentido “Doente” e “Não Sadio” não querem dizer a mesma coisa.

              René Descartes e Immanuel Kant – Dois filósofos cuja obra defende a ideia de que as sensações da enfermidade (dor, sofrimento) e das necessidades (sede, fome), conforme indica implicitamente de saúde e de felicidade, resultam da união e da “confusão” mente-corpo. Por outro lado, demostra racionalmente a existência da alma ao duvidar que um mecanismo feito de ossos, nervos, músculos, veias, sangue e pele possa funcionar devido a mera, disposição de órgãos e sistemas.  

             Canguilhem – Filosofo conceitua a patologia como: O Patológico não significa ausência de normas, mas a presença de outras normas vitalmente inferior, que impossibilitam ao indivíduo viver o mesmo modo de vida permitido aos indivíduos sadios. Assim patológico corresponde diretamente ao conceito de doença, implicando contrario vital ao sadio. Nesse sentido, tanto saúde quanto, doença são, normalidade, na medida em que ambas implicam uma norma de vida, sendo a saúde uma norma de vida superior e a doença uma norma de vida inferior.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (38.7 Kb)   pdf (202.7 Kb)   docx (34.5 Kb)  
Continuar por mais 27 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com