TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Análise Granulométrica

Por:   •  29/4/2017  •  Relatório de pesquisa  •  766 Palavras (4 Páginas)  •  500 Visualizações

Página 1 de 4

FLÁVIO FRANCISCO MARTINS[pic 1]

LARA BETHANIA TAVARES

ROMENIA MARTINS MENDONÇA

ANÁLISE GRANULOMÉTRICA

PATOS DE MINAS

2017

FLÁVIO FRANCISCO MARTINS[pic 2]

LARA BETHANIA TAVARES

ROMENIA MARTINS MENDONÇA

ANÁLISE GRANULOMÉTRICA

[pic 3]

PATOS DE MINAS

2017[pic 4][pic 5]

1 INTRODUÇÃO

Os pós são preparações farmacêuticas compostas por fármacos e adjuvantes que são misturados para ocasionar o produto final. Os pós representam uma forma de administração direta ou destinam-se à obtenção de outras formas farmacêuticas. (GARCIA; PEREIRA; DIAS, 2012).

As propriedades físicas dos fármacos, além de prejudicarem o processo produtivo, podem atingir diretamente as características de dissolução, biodisponibilidade e eficácia terapêutica, uniformidade do conteúdo, sabor, textura, cor e estabilidade (LAGO; PEREIRA; BERTOL, 2012).

A produção com pós em escala industrial abrange operações unitárias, nesse sentido, as características de fluxo destes materiais tornam-se questão relevante e pode interferir fortemente na eficiência do processo industrial (GARCIA; PEREIRA; DIAS, 2012).

A análise granulométrica consiste na determinação das dimensões das partículas que constituem as amostras, sendo que o método mais prático para efetuar essa análise de sedimentos é o peneiramento. Consiste em um método de separação onde uma força exterior separa fisicamente as partículas de acordo com seu tamanho. Para isso, os tamises (peneiras) de abertura de malha menor são colocadas no fundo e as de abertura de malha maior na parte superior. Na parte superior desta coluna, existe uma tampa para evitar perdas de material durante o peneiramento, e na base encaixa-se uma peneira denominada fundo, destinado a receber as partículas menores que atravessaram toda a coluna sem serem retidos em nenhuma das peneiras (DIAS, 2004).

O objetivo da atividade prática foi caracterizar um determinado material sólido através da análise granulométrica utilizando a técnica de peneiramento na separação e/ou classificação do material particulado.

2 METODLOGIA

Inicialmente foram selecionados tamises de malhas apropriadas da série Tyler (325,200,100,80,60 e 42) contendo tampa e um recipiente no fundo para coletar o pó. Foi pesado separadamente cada tamis e o fundo vazio, para a realização do cálculo e para as análises. Com os tamises já empilhados corretamente foi colocado 25g da amostra, que sofreram agitação por 20 minutos numa frequência de 5 Hz.  Após o término do processo, os pós retidos nos tamises e no fundo do granulômetro foram recolhidos e pesados e, em seguida foi realizada a analises granulométrica dos pós.

3 RESULTADO E DISCUSSÃO

A distribuição estatística de tamanhos ou granulometria é expressa, usualmente, em função da frequência relativa das partículas que detêm certo diâmetro. No caso do peneiramento essa função pode ser expressa em função da massa. A distribuição do tamanho de partículas também pode ser representada pela fração cumulativa de partículas que possuem diâmetro menor ou maior que um valor médio de partícula em um intervalo de 0 a 100% da grandeza acumulada.

Após a agitação, as partículas retidas em cada peneira foram pesadas e as respectivas massas de cada peneira foram convertidas em frações ou porcentagem da massa total da amostra. As partículas que passam pela peneira mais fina são recolhidas no coletor (peneira “fundo”) existente no final da pilha de peneiras, obtendo a seguinte tabela:

Tamis

Abertura (mm)

Diâmetro Médio

Peso dos tamises vazios (g)

Peso dos tamises cheios (g)

Massa retida

% retida

42

355

355

346,70

347,51

0,81

3,2556

60

250

302,5

347,02

347,62

0,6

2,4115

80

180

215

340,09

341,14

1,05

4,2202

100

150

165

336,13

337,22

1,09

4,3810

200

75

112,5

321,70

333,81

12,11

48,6736

325

45

60

314,33

322,90

8,57

34,4453

Fundo

-

<60

317,53

318,18

0,65

2,6125

 

A tabela ilustra um ensaio característico para as partículas da amostra analisada em laboratório. De tal modo, para esse ensaio, foram selecionadas os tamises de malha 42, 60, 80, 100, 200 e 325. Sendo que, demonstra o peso (g) dos tamises vazios e cheios, respectivamente. Além disso, a sexta coluna dessa tabela demonstra a massa retida na peneira e a sétima coluna expressa a % de massa que foi retida.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6 Kb)   pdf (113.5 Kb)   docx (17 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com