TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Memória da Água e Outras Hipóteses Para Compreensão do Possível Mecanismo de Ação dos Medicamentos Homeopáticos

Por:   •  31/10/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.896 Palavras (8 Páginas)  •  91 Visualizações

Página 1 de 8

 A memória da Água e Outras Hipóteses Para Compreensão do Possível Mecanismo de Ação dos Medicamentos Homeopáticos: Uma Revisão

RESUMO

Trata-se de um levantamento bibliográfico de caráter científico, composto por informações de origem científica nacional e internacional na área da Homeopatia com objetivo de reunir um conjunto de informações baseadas na literatura nacional e internacional, sobre alguns modelos experimentais como teoria da memória da água e suas propriedades entre outras hipóteses sobre o mecanismo do medicamento homeopático, a fim de elaborar uma revisão de literatura. A Homeopatia propicia uma prática segura, entende e trata de forma integrativa o binômio doente-doença, e valoriza os aspectos da individualidade enferma. É fundamentada no princípio dos similares ou lei dos semelhantes e no princípio das altas diluições ou lei dos infinitesimais. A homeopatia conta com mais de 200 anos de experiência, com base em avanços nas várias áreas do conhecimento, e vem avançando no caminho da ciência, através de métodos científicos de investigação. Conduzido por Jacques Benveniste, utilizando um modelo experimental clássico de degranulação de basófilos, a temática da memória da água veio à tona com seu resultado positivo, segundo a teoria a água seria capaz de armazenar informações sobre compostos que nela eram diluídos, sendo este fato não comprovado até hoje. Vários modelos e hipóteses foram propostos com objetivo de explicar o mecanismo de ação das soluções ultradiluídas no organismo. Atualmente a homeopatia vem ganhando espaço e muitos estudos comprovam seus efeitos, desencadeados por medicamentos ultradiluídos. Muitos artigos estão sendo publicados em periódicos científicos utilizando experimentos com medicamentos altamente diluídos.

Palavras-chave: Homeopatia. Memória da água. Mecanismo de ação.


NÓBREGA, D. E. A memória da Água e Outras Hipóteses Para Compreensão do Possível Mecanismo de Ação dos Medicamentos Homeopáticos: Uma Revisão. f. Monografia (Graduação). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.

ABSTRACT

This is a literature review of scientific character, composed of information from national and international scientific origin in the field of Homeopathy in order to gather a set of information based on national and international literature on some experimental models and theory of memory of water and its properties among other hypotheses about the mechanism of homeopathic medicine in order to develop a literature review. Homeopathy provides a safe practice, understands and is an integrative way the patient-disease binomial, and value aspects of individuality sick. It is based on the principle of similar or law of similars and the principle of high dilutions or law of infinitesimals. Homeopathy has over 200 years of experience, based on advances in several areas of knowledge, and is moving forward on the path of science, through scientific research methods. Led by Jacques Benveniste, using a classic experimental model of degranulation of basophils, the theme of water memory came to the fore with its positive results, according to the water theory would be able to store information about compounds that it were diluted and this fact unproven today. Various models and hypotheses have been proposed in order to explain the mechanism of action of ultra-diluted solutions in the body. Today, homeopathy is becoming more popular and many studies show its effects, triggered by ultra-diluted drugs. Many articles are being published in scientific journals using experiments with highly diluted drugs.

Keywords: Homeopathy. Water memory. Mechanism of action.


LISTA DE ILUSTRAÇÕES

Figura 1: Escala Centesimal de Hahnemann ........................................................... 19

Figura 2: Molécula de água, ângulo de ligação ........................................................ 21

Figura 3: Moléculas de água (ponte ou ligação de hidrogênio) ................................ 22

Figura 4: Clusters de água mostrando a sua configuração icosaédrica ................... 23

Figura 5: Estruturas de clatrato que moléculas de água forma ................................ 34

Quadro 1: Pesquisas básicas sobre atividade farmacodinâmica das ultradiluições . 31


LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

PNPIC - Política das Práticas Integrativas e Complementares.

CH - Centesimal de Hahnemann.

DH - Decimal de Hering.

LH - Cinquenta milesimal.

% - Por cento

O - Oxigênio.

H - Hidrogênio.

δ - Delta

X° - Grau(s).

kJ mol-1 - Quilojoule por mol.

H2O - Molécula de água.

oC - Grau(s) Celsius.

cal g−1 oC−1 - Caloria por grama por graus Celsius

H+ - Íons hidrogênio.

OH- - Hidroxila.

pH - Potencial hidrogeniônico

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.4 Kb)   pdf (159.2 Kb)   docx (18.1 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com