TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Lixo: Alternativa Para Uma Melhor Condição De Vida.

Casos: Lixo: Alternativa Para Uma Melhor Condição De Vida.. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  22/7/2013  •  518 Palavras (3 Páginas)  •  397 Visualizações

Página 1 de 3

O slogan “a sociedade do lixo” pode, a meu ver, ter uma bifurcação no sentido que é empregada resultando em opostas alternativas de qualidade de vida. Explico-me. Causada pelo rápido crescimento demográfico, pelo acelerado desenvolvimento tecnológico e pela falta de planejamento social e ambiental, estima-se que no Brasil cerca de 0,5 a 1,0 kg de lixo domiciliar é gerado diariamente por habitante, sem a destinação correta, acaba tendo a maioria destinada a lixões a céu aberto. Visualizando o viés negativo, temos que a problematização que está inserido a questão de que o lixo atinge populações inteiras e vários setores, como a saúde publica, por ser fonte de disseminação, criadouros e contágio de doenças, baixa qualidade de vida, além de prejuízo para diversas questões ambientais.

Contudo, quando podemos contar com um planejamento social e ambiental, adquire-se a possibilidade de transformar um problema nacional em alternativas cabíveis e importantes para o desenvolvimento populacional. Muitas soluções podem ser viáveis para tal tema, a primeira mais importante e que certamente que alcançará melhores resultados concerne na conscientização popular, através da educação com a disponibilização de meios de esclarecimentos da gravidade da produção de lixo em excesso, como evitar tal exagero, como reaproveitar, separar e/ou reciclar o descarte produzido. Políticas publicas como as implantadas em algumas cidades podem ser utilizadas, como exemplo Curitiba no Paraná, que adotou uma política de recompensa para compensar a falta de coleta de lixo, que constituía, além da educação ambiental, em “comprar o lixo” beneficiando aqueles que participavam do programa com alimentos. Outro entrave relativamente simples, que acredito mereça atenção, é a falta de incentivo para as cooperativas de catadores. A maioria dessas associações não conta com o auxílio das prefeituras, atua em locais improvisados, expõe o meio ambiente a riscos, pode contaminar o lençol freático e causar danos à saúde da população.

Obtendo uma visão mais abrangente de todos os setores da sociedade, apostaria também em um projeto que o governo disponibilizaria algum beneficio fiscal para empresas que possuíssem um programa de gestão dos resíduos sólidos que fossem produzidos pela indústria, além de se tornarem responsáveis pela coleta dos resíduos que sejam produzidos pela sociedade devido ao uso dos seus produtos, dando a esses uma destinação correta e/ou uma possível alternativa de reciclagem ou reuso dos materiais.

Evidentemente existem diversas alternativas para a destinação dos resíduos sólidos, contudo aqui apresento aquelas que a meu ver constituem alternativas viáveis financeiramente que poderão ser atingidas a partir de um planejamento do governo. A necessidade de buscar parceria com a população, se torna evidente pela grande importância que essa tem na gestão do tema, a fim de gerenciar locais que possam ser perigo social e ambiental. Contudo a dificuldade consiste em um programa com um longo prazo de execução, uma vez que a cultura da conscientização da redução do lixo será empregada homeopaticamente. Por fim, a progressão que pode ser feita para o país, se esse continuar a produzir uma grande demanda de lixo, é trágica, pois fugiríamos do crescimento sustentável almejado, contaminando, poluindo e acabando com os recursos ambientais, lençóis

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.5 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com