TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O USO DA NEUROPSICOPEDAGOGIA NO ATENDIMENTO DE CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS E A APLICAÇÃO DO TESTE SOCIOMÉTRICO

Por:   •  11/5/2019  •  Projeto de pesquisa  •  2.537 Palavras (11 Páginas)  •  13 Visualizações

Página 1 de 11

O USO DA NEUROPSICOPEDAGOGIA NO ATENDIMENTO DE CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS E A APLICAÇÃO DO TESTE SOCIOMÉTRICO

Resumo: O presente trabalho tem como objetivo demonstrar o papel do neuropesicopedagogo no atendimento de criança com deficiência. Este trabalho apresenta-se como uma pesquisa teórico-empírica, com abordagem qualitativa, que contou como instrumento de coleta de dados bibliográficos em artigos científicos e em site confiáveis. Buscou-se, através da revisão de literatura identificar o papel do neuropsicopedagogo na escola e como se dá a aplicação do teste sociométrico com crianças com necessidades especiais. A análise dos dados coletados releva que é necessário um melhor preparo da comunidade escolar para receber essas crianças e o uso de recursos como o teste sociométrico como recorrer a neuropsicopedagogia é fundamental para evitar o fracasso escolar dessas crianças.

Palavras – chaves: Neuropsicopedagogo. Sociométrico. Deficiência. Fracasso.

INTRODUÇÃO

Geralmente nos perguntam qual era a matéria que mais gostávamos e a que menos gostávamos de estudar na escola, logo nos recordamos dos tempos de alunos e que éramos obrigados a ler aquele texto chato ou fazer aquela atividade que não gostávamos, porém só fazíamos para não ficarmos reprovados, as recordações do tempo de escola nem sempre são as melhores, a quem diga que o ato de estudar é um fardo. Seguindo uma linha mais ampla, e não resumir somente ao tempo de quando éramos crianças, podemos ampliar essa linha de raciocínio as recordações dos tempos de criança, algumas delas de alguma forma chega a nós afeta na vida adulta. Contos de fadas não existem, logo nossa vida é marcada de altos e baixos, conflitos pessoais, dramas, culpa acarretadas de varias tensões emocionais, dentre outras problemáticas vivenciadas pela criança na vida escolar, são estas e algumas outras situações que tornam o ato de estudar enfadonho, e como resultado a aprendizagem fica deficiente, e o cérebro entende isso como algo ruim dificultando ainda mais a aprendizagem.

Esses fatores que contribuem para a deficiência no aprendizado são trabalhados de cunho da psicopedagogia, ela foca no tratamento de qualquer pessoal seja criança ou adulta, onde ela vai avaliar as dificuldades e fazer a devida intervenção, propondo ações que desencadeie o desenvolvimento cognitivo na pessoa.

Diante de fatores na dificuldade do ensino-aprendizagem, deve-se fazer uma atendimento Psicopedagógico, além de um acompanhamento interdisciplinar com as crianças com necessidades especiais, haja vista que, cada uma tem seu tempo e limites no desenvolvimento cognitivo, e cabe a psicopedagogia encontrar os fatores que prejudicam no desenvolvimento da aprendizagem, da  mesma forma os pais de alunos com necessidades especiais devem ser acompanhados por profissionais da psicologia para que aprendam a lidar com situações onde seu filho ou filha venham ter dificuldade no aprendizado e também na interação com os demais colegas e professores, haja vista, que em algumas situações o aluno com deficiência tem dificuldade de interagir com o meio social em qual vive, e se isolando do mundo exterior. Os pais e as famílias são aliados superimportante para um bom desenvolvimento da criança com deficiência, haja vista, que o com a intervenção dos mesmo auxiliam para o sucesso da Psicopedagogia.

Para o desenvolvimento do trabalho buscou-se de informações e dados que competem a área educacional, com foco nas crianças com deficiências, com intuito de saber qual o papel que o neuropsicopedagogo desempenha diante ao entendimento de crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem e acarretadas de deficiências a qual dificulta seu aprendizado.

 

METODOLOGIA

A elaboração do presente trabalho se deu por meio de pesquisas bibliográficas de cunho qualitativo, de forma que se dedicasse ao entendimento do que é a Neuropsicopedagogia, sua diferença em relação a Psicopedagogia, embora suas semelhanças, e como a Neurpsicopedagogia pode auxiliar do desenvolvimento cognitivo do aluno/criança com necessidade especiais e como é dado a aplicação do teste sociométrico e quais seus efeitos com crianças com deficiência. Também foi feita uma pesquisa documental, com análises da legislação brasileira que estabelece normas relativas à educação especial.

O SURGIMENTO DA NEUROPSICOPEDAGOGIA E O TRANTAMENTO DE CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

Alguns deve se tá perguntando qual a diferença da Neuropsicopedagogia e da Psicopedagogia, de fato as mesma se aprecem, sendo que a primeira tem como respaldo e é alicerçado com bases na Psicopedagogia, e as mesma atribuições da Psicopedagogia sevem como bases legais para a Neuropsicopedagogia, conforme dispõe o art. 4º do Projeto de Lei 3.512 de 2008, que regulamenta a função do Neuropsicopedagogo, segundo o artigo, o Neuropsicopedagogo tem como atribuição:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (17 Kb)   pdf (183.3 Kb)   docx (14.2 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com