TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DESIGN E TECNOLOGIA: DESENVOLVIMENTO DE TEXTURAS BIOINSPIRADAS EM PLACAS DE ACRÍLICO

Por:   •  27/8/2016  •  Trabalho acadêmico  •  4.216 Palavras (17 Páginas)  •  181 Visualizações

Página 1 de 17

DESIGN E TECNOLOGIA: DESENVOLVIMENTO DE TEXTURAS BIOINSPIRADAS EM PLACAS DE ACRÍLICO

Design and technology: Development of bioinspired textures in acrylic boards.

LOPES, Diego Caye

Graduando em Design de Produto, UFRGS

DAPPER, Silvia Trein Heimfarth

Mestranda em Design, UFRGS

KINDLEIN JÚNIOR, Wilson

Professor do Curso de Design, UFRGS

Disciplina de Biônica, ENG2042, Departamento de Design e Seleção de Materiais,

Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Idéia

O presente trabalho visou observar à luz da biônica a possibilidade de uma textura bioinspirada, com reprodutibilidade, para utilizar em fôrmas de superfícies para concreto pré-moldado de. Analisou-se a usinagem CNC do módulo biônico do líquen, Parmotrema praesorediosum. A partir da digitalização tridimensional a laser do córtex inferior do líquen foram usinadas três chapas de acrílico Baseando-se nas análises obtidas através de software, foram apresentados e discutidos os resultados, podendo afirmar a possibilidade para a execução das referidas texturas do método utilizado.

Palavra chave: biônica, líquen, textura, usinagem, digitalização tridimensional.

Abstract

This study aimed to observe on the bionic light the possibility of a bionic texture, with reproducibility, for use on the surfaces molds for precast concret. Was analyzed the CNC milling of lichen bionic module, Parmotrema praesodrediosum,. From de tridimensional laser scanning of the inferior cortex of lichen were milling three acrylic plates. Based on analyzes obtained through software, were presented and discussed the results, and can affirm the possibility for the implementation of those textures of the method used.

Keywords: bionics, lichen, texture, milling, tridimensional scanning.

1. Introdução

Com a agressividade do desenvolvimento humano em relação à natureza em constante pauta na contemporaneidade, o design ganhou força por valorizar a criação de produtos inovadores e que, ao mesmo instante, apresentassem preocupação com o meio ambiente. Com raízes na simplicidade da natureza e aplicação pouco mais elaborada, a biônica assume grande potencial dentro do comportamento sustentável.

É percebido que o planeta abriga uma imponente biodiversidade e cada elemento da natureza vem a apresentar estruturas com inúmeras funções. Dessa forma, é interessante para que projetistas observem a natureza com o intuito que inserir essas estruturas e funções na resolução de problemas projetuais, visualizando como a natureza evoluiu e solucionou seus problemas, ainda com o diferencial de ser sustentável. Nesse sentido, um dos aspectos presentes na natureza que pode ser analisado é quanto à aderência através de diferentes texturas, podendo-se citar, como modelos de estruturas biológicas com propriedades de fixação, as patas da lagartixa e insetos, as plantas parasitas e alguns fungos. Todos estes espécimes aperfeiçoaram suas particularidades durante milhares de anos no processo de evolução, se tornando o mais eficiente para a realização das atividades desejadas. Tendo em vista a vasta variedade de seres com essa função e os problemas de adesão mecânica encontrados no dia-a-dia, entende-se que possa se realizar um estudo mais detalhado sobre algum deles para o desenvolvimento de uma textura. Dentre os exemplos citados com essa habilidade, a particularidade com que os líquens, espécie de fungos, aderem-se às superfícies também torna-se interessante, ainda mais por ser um elemento pouco estudado por designers e engenheiros. Assim sendo, o líquen vem a ser o modelo biológico escolhido para realização de estudos biônicos no desenvolvimento de uma superfície aderente.  

A ideia de criar uma superfície aderente visualiza a fabricação de superfícies de concreto da construção civil, cujo recebem acabamento argamassado, sem a necessidade da aplicação de uma rugosidade posterior. O processo que, atualmente, é utilizado é nomeado de chapisco, e busca melhorar a resistência de aderência à tração da argamassa no substrato de concreto (SILVA & LIBÓRIO, 2002). A aplicação do chapisco pode ser visto como um retrabalho, devido que os concretos pré-moldados são fabricados em fôrmas que poderiam atribuir um formato com rugosidade semelhante através da aplicação de textura no molde. Deste modo, esse trabalho tem o intuito de avaliar o método de fabricação de fôrma para a criação de superfícies de concreto, através da usinagem de chapas de acrílico.

Neste sentido a usinagem por comando numérico computacional (CNC) é um processo de fabricação automatizado amplamente utilizado na indústria e que neste trabalho é processo escolhido para análise. A precisão da reprodução das peças varia de acordo com o processo utilizado e da espessura do instrumento de corte, no caso desse estudo será utilizada a fresamento, ferramenta de corte lateral. Trabalha através da retirada de material possuindo um vasto catálogo de materiais que podem ser utilizados (ROCHENBACH, BERTOL, SILVA & ROLDO, 2010).

2. Biônica

        

        Desde os tempos primórdios, o ser humano aprende com a natureza para o desenvolvimento de estruturas e objetos ou no aprimoramento dos mesmos. A reforma industrial fez com que a humanidade se afastasse das formas naturais por certo período de tempo, porém o fortalecimento dos ideais sustentáveis presentes no contemporâneo e a constante preocupação com o futuro, reascende o conceito de se aprender com a natureza. Essa capacidade de absorver as informações da natureza, através da observação e catalisar os conhecimentos dos estudos biológicos dos elementos naturais e transformá-los em produtos e soluções para o dia-a-dia vem a ser chamado de biônica.

Segundo Soares (2008), o termo Biônica foi inventado, em 1958, pelo Engenheiro da Força Aérea dos E.U.A Major Jack. E. Steele e foi definido como “a análise das formas pelas quais os sistemas vivos atuam e têm descoberto os artifícios da natureza”. Segundo o dicionário Aurélio (2011), é a ciência que tem por objeto o estudo de certos processos biológicos com o propósito de aplicar processos análogos a fins industriais e militares. Concomitantemente, para os mesmos fins, utiliza-se o termo biomimética que, analisando-se a estrutura morfológica da palavra, é a união de duas palavras gregas bio(vida) e mimesis (imitação), ou seja, imitação da vida.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (28.9 Kb)   pdf (1 Mb)   docx (863.5 Kb)  
Continuar por mais 16 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com