TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

GUARDIÃO LIFE: SISTEMA DE MONITORAMENTO, ATENUAÇÃO E COMBATE A PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS DOMÉSTICOS

Por:   •  21/8/2019  •  Artigo  •  1.557 Palavras (7 Páginas)  •  45 Visualizações

Página 1 de 7

GUARDIÃO LIFE: SISTEMA DE MONITORAMENTO, ATENUAÇÃO E COMBATE A PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS DOMÉSTICOS

Edilson P. S. Filho, Fernando B [pic 1]

orges

Universidade Católica do Salvador (UCSAL)

Av. Prof. Pinto de Aguiar, 2589 - Pituaçu, 41740-090 – Salvador – BA – Brasil

edilson.filho@ucsal.edu.br, fernando.borges@pro.ucsal.br

Resumo. O objetivo deste artigo é apresentar o “Guardião Life”, um sistema de prevenção e combate a princípios de incêndios domésticos, de baixo custo e tecnologia acessível. Atualmente indústrias e estabelecimentos comerciais possuem sistemas de combate a incêndios, mas não temos soluções acessíveis para residências. Neste artigo serão desenvolvidas soluções automáticas para atuar contra os princípios de incêndios no âmbito doméstico, sistema de automação eletrônica e um sistema de gerenciamento capaz de comunicar-se com o hardware para controlar caso necessário. Para chegar às comprovações será utilizado o “Arduíno” como plataforma principal. Será apresentado o cenário atual em relação a tecnologias. Será apresentada uma maquete simulando os atributos que podem gerar incêndios e métodos de combate para atenuar riscos e aumentar as chances de sobrevivência das pessoas.

Palavras-chave: Arduíno, Combate a Incêndios, Sistema contra Incêndios.

Summary : Traduzir

1. Introdução

Segundo o Instituto Sprinkler Brasil (ISB, 2019) a imprensa noticiou 531 ocorrências de incêndio no Brasil em 2018, sem considerar nesse número os casos ocorridos em residências. A figura 1, abaixo, demonstra a distribuição desses incidentes de acordo com a ocupação.

[pic 2]

Figura 1: Ocorrências de incêndios estruturais noticiados em 2018 por ocupação (exceto residências) Fonte: ISB (2019)

Esses ocorrências de incêndios estruturais acontecem na indústria e no comércio mesmo tendo a segurança industrial (com foco em incêndios) procedimentos, técnicas, equipamentos e treinamentos que preparam as pessoas para reagir, da melhor forma, para minimizar ou evitar danos causados com o incidente. A solução para esse controle normalmente é fruto de investimentos significativos em automação com equipamentos e pessoas capacitadas, que irão conduzir as pessoas com ações específicas.

O fato é que essa preocupação com a segurança industrial existe principalmente pela obrigatoriedade em atender as leis que regulamentam a necessidade da existência de sistemas de segurança contra incêndios e seguros para estes estabelecimentos. Porém para as demais categorias de ambientes domésticos não temos leis que obriguem a necessidade dos sistemas de seguranças contra incêndios.

No ambiente doméstico essa segurança é feita com instalações de equipamentos contra incêndios em prédios, mas não nos cômodos da residência. Embora existam padrões para instalação de sistema de gás, energia, hidráulica dentre outros serviços que abordam a segurança desses equipamentos, não há uma cultura instituída quanto a segurança no interior de uma residência Se o problema ocorre em um ambiente residencial e não nas áreas comuns do edifício, ou mesmo em uma casa, a prevenção dos riscos nessas condições fica comprometida.

Tal situação pode ser verificar em notícias veiculadas na mídia, como por exemplo a do Jornal de Brasília (JB, 2019) em matéria publicada no dia 21 de maio de 2018 na qual afirma que casos de incêndios domésticos aumentaram 44% no ano anterior. Já no site G1 da Rede Globo, no dia 03/09/2018 as 23:33h, foi publicado uma matéria sobre um incêndio que atingiu dois casarões na região da Baixa dos Sapateiros em Salvador, Bahia.

[pic 3]

Figura 2: Incêndio atinge casarão em Salvador — Foto: Alberto Maraux/SSP

Nesse contexto, a presente proposta busca uma solução tecnológica para o monitoramento, controle e atenuação dos riscos relacionados a incêndios, inicialmente com foco residencial, através da detecção do mesmo ainda na fase inicial. O objetivo é o desenvolvimento de um sistema, batizado com o nome de “Guardião Life”, que seja capaz de interagir com o usuário, não apenas monitorando e recomendando, mas também atuando, em caso de emergência, com ações e alertas mediante o incidente detectado.

Essa solução agrega diversos benefícios como: (1) o baixo custo de implementação, quando comparado aos sistemas já existentes no mercado, (2) a facilidade no uso e na implantação do sistema, (3) adaptável de acordo com a residência, (4) por se tratar de uma plataforma disponível nas distribuidoras de eletrônica, torna-se mais fácil e acessível a manutenção corretiva, (5) será possível acréscimo de funcionalidades ao sistema, (6) flexibilidade de melhorias e atualizacao.

2    DESENVOLVIMENTO

O sistema “Guardião Life”, apresentado aqui nessa proposta, será capaz de comunicar-se com o “hardware”, atuar de maneira eficiente contra princípio de incêndio, com baixo custo referente aos sistemas já existentes no mercado, aplicando praticidade e segurança às instalações domésticas.

2.1 - TECNOLOGIAS UTILIZADAS

O projeto utiliza o Arduino UNO com placa Ethernet Shield, conforme mostra a Figura 3, pela maior disponibilidade de bibliotecas em comparação às demais soluções em Arduino e o ambiente de desenvolvimento do próprio fabricante, incorporando os critérios e recomendações definidas para o produto. Além disso, será criado um servidor web que dará as coordenadas para o Guardião Life, assim como o usuário do sistema será capaz de controlar manualmente os recursos de segurança oferecidos.

[pic 4]

Figura 3 – Arduino Rev. 3 - https://store.arduino.cc/usa/arduino-uno-rev3

2.1.1 – ARDUINO UNO REV3

O Arduino é o principal equipamento de prototipagem eletrônica, pois oferece diversos recursos de hardware, onde utilizamos software para controle e integração dos módulos, utilizando criatividade e estudos para os mais variados projetos com eletrônica. A palavra “Uno” significa “um” em italiano e foi escolhido para marcar o lançamento do Arduino Software (IDE) 1.0 (disponível em https://www.arduino.cc/en/Main/AboutUs). No uso do arduino, deve-se considerar a tensão de alimentação recomendada em um intervalo fechado de 7 a 12 volts, pois se a alimentação ocorrer com menos que 7 volts o sistema irá apresentar instabilidade e se for acima de 12 volts irá aquecer o regulador de tensão, podendo causar danos ao equipamento.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.8 Kb)   pdf (685.3 Kb)   docx (1.2 Mb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com