TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Análise de Qualidade de Águas

Por:   •  20/11/2016  •  Trabalho acadêmico  •  3.383 Palavras (14 Páginas)  •  106 Visualizações

Página 1 de 14

[pic 1]

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO – UFPE

CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE – CAA

NÚCLEO DE TECNOLOGIA

ENGENHARIA CIVIL

2° RELATÓRIO DE QUÍMICA GERAL 2:

ANÁLISE DA QUALIDADE DE ÁGUAS

JOSEANGELO SANTOS DO NASCIMENTO

LARISSA CAROLINE SANTOS DE ALMEIDA

LUANA ALVES DA SILVA

LUCÉLIA TAMIRES MARQUES FERREIRA

MICKAEL FRANKLIN DE ARAÚJO

CARUARU – PE

ABRIL DE 2016

Sumário

1.  Resumo ......................................................................................................... 02

2.  Introdução ..................................................................................................... 03

3.  Procedimentos Experimentais .........................................................................05

4.   Resultados e Discussão   ..............................................................................

5.   Conclusão  .................................................................................................... 1

6.   Referencias Bibliográficas  ........................................................................... 1

7.  Anexo ............................................................................................................. 1

  1. Resumo

Este relatório apresenta os experimentos e implicações obtidos a partir de processos físico-químicos para a análise da qualidade de águas. Realizados no laboratório de química da Universidade Federal de Pernambuco – Centro Acadêmico do Agreste (UFPE – CAA), gerados e supervisionados pela professora Dra. Érika Pinto Marinho. Nele, objetivou-se a avaliação de uma amostra da água de caráter duvidoso, utilizando vários procedimentos para a averiguação da presença das seguintes variáveis: físicas, químicas, microbiológicas, hidrobiológicas e ecotoxicológicas de acordo com a resolução: CONAMA nº 357/2005

  1. Introdução

Sem o devido cuidado, a água que utilizamos se torna uma possível fonte de doenças e elementos tóxicos, sendo prejudicial para a nossa saúde, pois ela é considerada um dos principais componentes orgânicos para a vida na Terra. Segundo Brown (2005, p. 104), cerca de dois terços do nosso planeta é coberto por água, assim sendo ela, tão comum, tomamos como triviais suas propriedades químicas e físicas. Com esse contexto, sua utilização torna-se bastante ampla e abrange desde a agricultura, passando pela indústria, geração de energia elétrica, saneamento, o abastecimento público, para gastos corriqueiros, e consequentemente o consumo doméstico.

Entretanto, percebe-se que o cuidado com a qualidade da água vem sendo reduzido e sua poluição cresce de maneira desordenada e desgovernada. A quantidade de oxigênio é um dos indícios da qualidade da água. O nitrogênio e o fósforo contribuem para sua poluição. Sem fornecimento suficiente de oxigênio, a água, por sua vez, não pode sustentar qualquer forma de vida animal. Temos que as fontes mais importantes de nitrogênio e fósforo encontradas na água provêm dos esgotos domésticos, do escoamento das terras de agricultura e escoamentos de áreas de criação de animais.

“Uma forma de classificar a qualidade da água é por meio de índices, os quais podem resumir uma série de parâmetros analisados em um único número, o que facilita a interpretação de extensas listas de variáveis ou indicadores, possibilitando classificar a qualidade da água” (Brown, 2005, p. 668). Esses parâmetros podem ser físicos como: cor, turbidez, sabor, odor e temperatura; químicos: pH, alcalinidade, acidez, dureza, cloretos, nitrogênio, fósforo, oxigênio dissolvido, matéria orgânica, micropoluentes inorgânicos, entre outros; e biológicos como: organismos indicadores (coliformes fecais) e algas.

O objetivo deste experimento consiste na análise de alguns parâmetros da água, tais como:

  • Cor 

Ela é comumente um apontador da presença de metais (Fe, Mn), húmus (matéria orgânica oriunda da degradação de matéria de origem vegetal), plâncton (conjunto de plantas e animais microscópicos em suspensão nas águas) dentre outras substâncias dissolvidas na água.

A determinação da cor é comumente feita pela comparação visual com soluções de cloroplatinato de cobalto ou com discos de cor semelhantes à coloração das soluções de cloroplatinato de cobalto.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (23.9 Kb)  
Continuar por mais 13 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com