TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

LIMPEZA DAS VIAS DE ROLAGEM DO PORTO DE SANTOS

Por:   •  14/4/2019  •  Monografia  •  1.177 Palavras (5 Páginas)  •  14 Visualizações

Página 1 de 5

        [pic 1][pic 2][pic 3]

Etc. Dona Escolástica Rosa

Classe Descentralizada E.E Prof. ° Zulmira Campos

Curso Técnico em Administração

Caio Cezar Ramos Reis 06

Carlos Roberto Pimenta Veiga 07

Juan Henrique Luiz de Almeida 21

Leonardo Almeida de Jesus 24

LIMPEZA DAS VIAS DE ROLAGEM DO PORTO DE SANTOS

Santos

Julho/2018

                

Caio Cesar Ramos Reis

Carlos Roberto Pimenta Veiga

Juan Henrique Luiz de Almeida

Leonardo Almeida de Jesus

LIMPEZA DAS VIAS DE ROLAGEM DO PORTO DE SANTOS

Trabalho apresentado à ETEC Dª Escolástica Rosa – Classe Descentralizada E.E. Prof.ª Zulmira Campos, como exigência para a para complementação de nota do componente curricular: PTCC do curso de Assistente em Administração.

        

Santos SP Brasil

SUMÁRIO

        

1 INTRODUÇÃO

03

1.1 Delimitação do Tema

03

1.2 Problematização

04

1.3 Hipóteses

05

1.4 Justificativa

06

1.5 Objetivo Geral

07

1.6 Objetivos Específicos

08

2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA (referenciada)

09

3 METODOLOGIA

10

4 CRONOGRAMA

11

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS

12

6 REFERÊNCIAS

13


1 INTRODUÇÃO

1.1 DELIMITAÇÃO DO TEMA

Existe uma lei Federal (n° 8.630/93) sobre regulamentos dos Portos e Normas de Pré-qualificação de Operação portuária em santos, notada a preservação do Meio Ambiente, que é respectiva a lei Estadual (n° 997/76) sobre o controle da poluição do meio ambiente no Estado de São Paulo. Porém em Santos existe uma Resolução (DP/n°100.2003) que determina que são de inteira responsabilidade a limpeza das áreas afetadas pela movimentação de cargas ou de resíduos, derrames, lançamentos ou liberação na faixa do cais pelo gerador ou responsável pela movimentação ou operação Portuária.

1.2 PROBLEMATIZAÇÃO

Em virtude dos excessos cometidos pelas empresas que operam no porto, hoje não existe uma rígida fiscalização das operações em carácter de manutenção do meio Ambiente, fazendo com que as empresas tenham atuações somente em suas áreas internas, deixando as suas proximidades em condições de sujidade fora do padrão estabelecido pelas normas, e com a grande movimentação rodoviária que passa por aqui, fica o enorme descaso com a limpeza urbana. Toda essa situação cria uma série de problemas, como chão escorregadio, devido aos resquícios de açúcar que caem, o mal cheiro que é criado pela decomposição de grãos que se acumulam nos meios fios, além de afetar no equilíbrio da Fauna Sinantrópica (pragas urbanas). Ainda existe a questão das galerias fluviais, que recebem todos esses detritos quando chove.

1.3 HIPÓTESES

Uma das formas de resolver esse problema, é enviar um projeto para câmara municipal, para que seja criada uma lei, baseada nesse projeto.

Onde seja criado um órgão fiscalizador que atue nessa área tão esquecida pelas empresas. Essa fiscalização poderá atuar de forma constante, multando e repreendendo as empresas que não colaborarem para a limpeza desses locais remotos.

Outra hipótese, para ter controle sobre esse problema, seria as empresas contratarem vistoriadores para checar as condições de transporte da carga para que a mesma seja transportada por um caminhão onde a carga fique totalmente vedada, assim não tendo possibilidade de através de trepidações não ser lançada nas vias, assim causando poluições indesejadas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.2 Kb)   pdf (158.3 Kb)   docx (439.5 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com