TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Família Negra Adoção

Por:   •  11/2/2019  •  Resenha  •  781 Palavras (4 Páginas)  •  22 Visualizações

Página 1 de 4

O presente trabalho se presta a levantar questões socialmente importantes, e que passa de forma imperceptível por grande parte da sociedade de uma maneira geral. Na década de 70, na localidade de Illinois, a realidade de diversas crianças negras que foram abusadas, negligenciadas e etc, e em muitos dos casos por seus próprios pais, permaneciam sem conseguirem ser adotadas. Tal fato denota uma grande questão racial por trás deste fenômeno, principalmente aos se perceber que as crianças negras esperam em média duas vezes e meia a mais que uma criança branca nas mesmas condições.

Desta feita, como solução, Cooler (DCFS) tentou alocar estas crianças, em famílias negras por meio da ajuda de entidades religiosas também desse segmento, para que elas pudessem ter suas questões culturais preservadas. Encontrando grande resistência por parte das famílias negras, dos funcionários do DCFS, além de algumas legislações da época.

Mais a frente, o autor explica sobre a dificuldade que os servidores da agência colocavam dificuldade para as famílias negras adotarem, ao compararem padrões de vida de famílias brancas, em regra mais estruturadas em termos materiais, com as famílias negras. Dificultando em muito e até mesmo desestimulando tais famílias a adotarem as crianças negras.

O presente trabalho se presta a levantar questões socialmente importantes, e que passa de forma imperceptível por grande parte da sociedade de uma maneira geral. Na década de 70, na localidade de Illinois, a realidade de diversas crianças negras que foram abusadas, negligenciadas e etc, e em muitos dos casos por seus próprios pais, permaneciam sem conseguirem ser adotadas. Tal fato denota uma grande questão racial por trás deste fenômeno, principalmente aos se perceber que as crianças negras esperam em média duas vezes e meia a mais que uma criança branca nas mesmas condições.

Desta feita, como solução, Cooler (DCFS) tentou alocar estas crianças, em famílias negras por meio da ajuda de entidades religiosas também desse segmento, para que elas pudessem ter suas questões culturais preservadas. Encontrando grande resistência por parte das famílias negras, dos funcionários do DCFS, além de algumas legislações da época.

Mais a frente, o autor explica sobre a dificuldade que os servidores da agência colocavam dificuldade para as famílias negras adotarem, ao compararem padrões de vida de famílias brancas, em regra mais estruturadas em termos materiais, com as famílias negras. Dificultando em muito e até mesmo desestimulando tais famílias a adotarem as crianças negras.

O presente trabalho se presta a levantar questões socialmente importantes, e que passa de forma imperceptível por grande parte da sociedade de uma maneira geral. Na década de 70, na localidade de Illinois, a realidade de diversas crianças negras que foram abusadas, negligenciadas e etc, e em muitos dos casos por seus próprios pais, permaneciam sem conseguirem ser adotadas. Tal fato denota uma grande questão racial por trás deste fenômeno, principalmente aos se perceber que as crianças negras esperam em média duas vezes

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.1 Kb)   pdf (31.3 Kb)   docx (7.1 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com