TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Economia Criativa

Por:   •  15/4/2015  •  Tese  •  483 Palavras (2 Páginas)  •  437 Visualizações

Página 1 de 2

Indústrias Criativas

Prof: Carlos Zardo Jr.

Alunos: Allan Manfredi, Leopoldo Yugo, Lucas Lazzaro, Rafael Grossi, Rafael Savone, Jordi Santos e Thiago Fontana

BN5PP

TRABALHO

Pesquisa sobre elementos da cultura brasileira que geram produtos criativos.

Elementos: carnaval, teatro, culinária.

Carnaval, pois é considerado uma das festas mais populares e animadas e representativas do mundo. Celebrada no Brasil. Teve suas origens no período colonial, com o entrudo. Festa de origem portuguesa e nas colônias era praticada pelos escravos. Os escravos saiam pelas ruas das colônias fantasiados e fazendo brincadeiras com o restante da população. Festa típica incorporada de países europeus.

Desta época para o século XIX, começaram a aparecer os primeiros blocos de carnaval. Indivíduos saiam fantasiados, os carros eram decorados e os desfiles aconteciam em grupos. Aqui que os famosos carros alegóricos surgiram.

Em XX o Carnaval deu um salto grande, tornando-se cada vez mais popular. As marchinhas surgiram nessa época, introduzindo músicas customizadas e alegres ao movimento.

E assim em diante. Um movimento que não para de crescer. Hoje temos competições entre escolas de samba, organizadas por ligas independentes. Temos a escola campeã e as escolas que são rebaixadas para divisões de acesso. Tudo o que vemos nas “avenidas” é o resultado de tempos anteriores, como citado anteriormente nesse texto, apenas uma evolução. Os carros alegóricos estão cada vez maiores e mais bonitos. As fantasias cada vez mais ousadas.

Muito dinheiro é injetado nesse segmento. As escolas, anualmente, investem grande quantidade de dinheiro para produzir os carros e fantasias e, quem sabe, ganhar o campeonato. Instituições e indivíduos, adeptos ao movimento e simpatizantes com escolas, investem o próprio dinheiro para ajudar a escola nessa empreitada.

Milhares de pessoas do mundo inteiro reservam espaço no calendário pessoal para visitar o Rio de Janeiro ou São Paulo. Movimentando assim nosso setor do turismo.

Sem contar ainda os blocos de Carnaval de Rua, espalhados pelo país. Os mais famosos no Nordeste. Onde contamos com uma gama de apresentações musicais dos mais famosos artistas. Os acessos a esses blocos também são comercializados.

Enfim, um movimento cultural brasileiro que será mantido. Em evolução constante. Movimentando milhões de reais.

O Brasil é um país de larga extensão. Impossível cada região sobreviver com um tipo de comida apenas. Um dos fatores marcantes de nosso país é a culinária. Em cada região visitada, um tempero diferente.

Exemplo excelente para se apoiar é o do empresário e chef Alex Atala. Seu objetivo é justamente o de explorar tudo o que o território brasileiro oferece, aliando as bases clássicas às técnicas atuais. Valoriza o pequeno produtor, é incentivador de jovens profissionais e apoia projetos do terceiro setor.

Não é à toa que é premiado mundialmente e seu restaurante, o D.O.M, fora considerado como o 3º melhor restaurante da América Latina.

E a lista de espera para quem quiser desfrutar de sua culinária e extensa. Aquele que pretende desfrutar dessa experiência deve marcar sua reserva com muita antecedência.

Alex Atala, consegue juntar ideia, cultura e retorno.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.3 Kb)   pdf (66.4 Kb)   docx (11.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com