TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ANALISE DO PPP DA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL MAGALHÃES BARATA, PRÁTICAS E PROPOSTAS EDUCATIVAS VOLTADAS À SUSTENTABILIDADE

Por:   •  15/5/2015  •  Seminário  •  2.468 Palavras (10 Páginas)  •  269 Visualizações

Página 1 de 10

PROCESSO FORMATIVO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ESCOLAS SUSTENTÁVEIS E COM-VIDAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO (UFOP)

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL (UAB)

TUTORA: MARIA DO PERPÉTUO SOCORRO LOPES

FABRUNO DE JESUS FREITAS LIMA

WIKI – ANALISE DO PPP DA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL MAGALHÃES BARATA, PRÁTICAS E PROPOSTAS EDUCATIVAS VOLTADAS À SUSTENTABILIDADE

SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA

2014

FABRUNO DE JESUS FREITAS LIMA

WIKI – ANALISE DO PPP DA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL MAGALHÃES BARATA, PRÁTICAS E PROPOSTAS EDUCATIVAS VOLTADAS À SUSTENTABILIDADE

Trabalho apresentado no decorrer do curso Processor Formativo em Educação Ambiental, Escolas Sustentáveis e Com Vidas. Este será considerado requisito parcial de avaliação para se conseguir aprovação. Este foi orientado pela Tutora Socorro Lopes.

SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA

2014

WIKI ANALISE DO PPP DA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL MAGALHÃES BARATA, PRÁTICAS E PROPOSTAS EDUCATIVAS VOLTADAS À SUSTENTABILIDADE

A educação, trás consigo muita esperança, sobretudo, quando se almeja à construção de uma sociedade para todos. Isso porque é compreendida como principal ferramenta para transformar de forma significativa a realidade. Contudo, tal transformação, em nosso entendimento, depende de como a educação é concebida e desenvolvida junto à sociedade, em especial, aos alunos no espaço escolar da escola de Ensino Fundamental Magalhães Barata (FREIRE, 1992). Nesse sentido, que se faz necessário desenvolver um trabalho pedagógico engajado e comprometido com a garantia da referida transformação.

O processo educacional deve, portanto, ser um processo que introduz o indivíduo na atualidade histórica e social de sua época, possibilitando-lhe conhecer e relacionar-se com a realidade social e cultural. O conhecimento não pode ser morto e amorfo, mas vivo e dinâmico, levando o indivíduo a ser um agente de transformação e mudança. Essa é uma exigência que, também, está relacionada com o novo modelo de sociedade que se apresenta na atualidade. Daí a importância de uma proposta educativa que dialogue com a realidade e valorize as matrizes históricas e identitárias dos sujeitos, no caso deste estudo, do público da escoal cima citada.

Nessa perspectiva, que temos como objeto de estudo o Projeto Político Pedagógico (PPP) enquanto instrumento de ressignificação da escola. Compreendemos que o PPP além de ser o eixo de toda e qualquer ação a ser desenvolvida no estabelecimento de ensino, proporciona a busca da identidade da escola. Tendo por finalidade o comprometimento na construção de uma sociedade mais humana e democrática, em que o homem seja visto como um ser histórico social.

 O planejamento é um modo de ordenar a ação tendo em vista os fins desejados, e por base conhecimentos que proporcione suporte ao objetivo, à ação; é um ato coletivo, não somente devido a nossa constituição social, como seres humanos, mas, principalmente porque o ato escolar de ensinar e aprender são coletivos. A parceria depende da entrega a um objetivo que seja assumido por todos os envolvidos no processo ensino/aprendizagem.

No sentido etimológico, o termo projeto vem do latim projectu, particípio passado do verbo projicere, que significa lançar para diante. Plano, intento, desígnio. Empresa, empreendimento. Redação provisória de lei. Plano geral de edificação (Ferreira 1975, p. 1.144).

O Projeto Político Pedagógico é um importante instrumento teórico-metodológico que define as políticas para a organização administrativa e pedagógica das instituições de ensino, norteando as ações voltadas para a consecução de sua missão e de seus objetivos. Quando se fala de Projeto Político Pedagógico a primeira ideia que nos vem é que ele é a identidade institucional.

A sociedade brasileira de modo geral e a educação em particular, encontram-se diante de importantes desafios, devendo incorporar, ao mesmo tempo, as enormes mudanças provocadas pela revolução tecnológica e a reestruturação da sociedade em função do conhecimento e das novas tecnologias de informação e comunicação. Diante desse contexto entendemos que o desafio da escola é o de desempenhar o seu papel social tendo em vista a formação do indivíduo, em que este possa atuar de forma crítica e consciente no sentido de interferir e contribuir com mudanças importantes na realidade social e econômica no meio em que está inserido.

Diante desta premissa entendemos que a sustentabilidade é um processo que está em discussão no ambiente escolar e em especial na Escola Magalhães Barata sobretudo no que diz respeito ao desenvolvimento sócio-ambiental.  

É preciso diminuir os processos excludentes do contexto em que vivemos, onde o mundo do trabalho e suas transformações são evidências incontestáveis. Partindo desse princípio, cabe então à escola questionar e fazer a sociedade refletir sobre que tipo de homem e de sociedade quer construir. Nesta perspectiva, inferimos que a escola prescinde de uma proposta educativa inovadora, emancipatória. Isso significa dizer que precisa construir um PPP que evidencie a realidade da escola e ajude a promover mudanças significativas em relação ao desenvolvimento sustentável.

O PPP instituído por lei é um documento no qual a escola, como um todo, organiza de maneira formal sua proposta de trabalho, sendo mediador de decisões, da condução das ações e análise dos seus resultados e impactos. O mesmo delineia os principais fundamentos, orientações e organização da escola. Na perspectiva de Vasconcellos (2004, p. 169) o PPP,

é o plano global da instituição. Pode ser entendido como a sistematização, nunca definitiva, de um processo de Planejamento Participativo, que se aperfeiçoa e se concretiza na caminhada, que define claramente o tipo de ação educativa que se quer realizar. É um elemento de organização e integração da atividade prática da instituição neste processo de transformação.

Importa registrar que os aspectos político e pedagógico são indissociáveis, logo, o PPP deve ser considerado um processo constante de discussão e reflexão dos problemas vivenciados pela comunidade escolar, e principalmente aos condizentes ao meio ambiente, além de possibilitar a busca de alternativas para efetivar a sua real intenção.  

  Conforme Gadotti (2000, p. 43)

não se constrói um projeto sem uma direção, um norte, um rumo. Por isso, todo projeto pedagógico da escola é também político. O projeto pedagógico da escola é, por isso mesmo, sempre um processo inconcluso, uma etapa em direção a uma finalidade que permanece como horizonte da escola.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (16.9 Kb)   pdf (171.9 Kb)   docx (19.4 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com