TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATIVIDADE DE AUTODESENVOLVIMENTO SOBRE OS SABERES DO TRABALHO DOCENTE DISPUTAM LUGAR NOS CURRICULOS: Uma Relação Entre Respostas E Fala Dos Pais.

Artigo: ATIVIDADE DE AUTODESENVOLVIMENTO SOBRE OS SABERES DO TRABALHO DOCENTE DISPUTAM LUGAR NOS CURRICULOS: Uma Relação Entre Respostas E Fala Dos Pais.. Pesquise 807.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  25/9/2013  •  461 Palavras (2 Páginas)  •  3.987 Visualizações

Página 1 de 2

TÁBATA FERLIN ARAÚJO MELLO

ATIVIDADE DE AUTODESENVOLVIMENTO SOBRE OS SABERES DO TRABALHO DOCENTE DISPUTAM LUGAR NOS CURRICULOS: Uma relação entre respostas e fala dos pais.

FAO

2012

TÁBATA FERLIN ARAÚJO MELLO

ATIVIDADE DE AUTODESENVOLVIMENTO SOBRE OS SABERES DO TRABALHO DOCENTE DISPUTAM LUGAR NOS CURRICULOS: Uma relação entre respostas e fala dos pais.

Trabalho apresentado ao curso de Pedagogia da Faculdade Anhanguera de Osasco.

FAO

2012

1.0 - Introdução

Escola, professor, educando, pais e comunidade todos em um mesmo mundo, que deveria ter uma mesma fala sobre os saberes, mas os saberes são diversos e se multiplicam a cada dia, como levar isso para a comunidade escolar? Como analisar os saberes impressos no currículo escolar? Este texto faz uma relação com as falas de pais, alunos e professores de uma determinada escola pública.

Professor é um sujeito da prática educacional como um ser social, individual e transformador, neste sentido Tardif (2002, p. 15) argumenta que “O saber dos professores é profundamente social e é, ao mesmo tempo, o saber dos atores individuais que o possuem e o incorporam à sua prática profissional, para a ela adaptá-lo e transformá-lo”.

2.0 – Os saberes e a realidade

A aula-tema de número 03, afirma que os saberes sobre a docência como a função social e o trabalho, as vivencias sociais, políticas, culturais, socializadoras, humanas etc. não entram nos currículos.

O nosso ensino tradicional avaliam e chamam os alunos por números e quando se trata de uma escola particular de ensino, os alunos são clientes, mas falando da escola pública que está mais presente na nossa comunidade, não observam a realidade e o meio que o aluno esta inserido, ocasionando assim um currículo sem anexo para a aprendizagem da comunidade escolar que vive em seu dia a dia uma luta para sobrevivência e o trabalho para sustento. Veja o exemplo do caso abaixo:

Um aluno com 18 anos que tenta terminar o ensino fundamental, por ter desanimado ao não encontrar motivos para continuar a estudar e afirma: “Os professores não me compreendiam e eu não queria saber de escola, hoje trabalho como pedreiro, mas agora tenho que buscar algo melhor para minha vida, mesmo assim estou estudando por obrigação”.

Os professores defendem o currículo escolar, mas afirmam não conseguir fazer muitas mudanças institucionais. Os pais de alunos de uma rede pública não entendem muito a respeito de currículo, mas quando se fala de inserir uma realidade de trabalho, vivencias sociais e culturais, todos concordam.

3.0 – Conclusão

Observamos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com