TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Aborto nos dias atuais

Por:   •  17/11/2015  •  Resenha  •  664 Palavras (3 Páginas)  •  149 Visualizações

Página 1 de 3

                                 

                                                [pic 1]

                                           Maio de 68

                                                 

                                               

        No ano de 1968 houve uma grande onda de protestos na franca onde deu inicio a manifestações dirigidas por estudantes, as manifestações estudantis eram lideradas pelo estudante Daniel Cohn, judeu nascido na Alemanha, Os mesmo protestavam contra o comitê de atividades antiamericanas, e buscava também através desses protestos a liberdade de expressão, liberdade essa que era agredida e ameaçada. A franca vivia sobre o comando do general Charles de Gaulle era uma sociedade fechada e conservadora, nas escolas francesas as crianças eram disciplinadas com rigidez, as mulheres tinham que pedir autorização aos maridos para poder expressar alguma opinião, os homossexuais eram tidos pelos diagnósticos médicos como portador de uma doença. Os alunos da universidade nessa época queriam liberdade para debater assuntos políticos e outros assuntos que eram proibidos nas universidades, pois o objetivo das universidades da época era apenas formar pessoas para o mercado capitalista, ou seja, o conhecimento que eles recebiam era só aquele que seria usado no mercado de trabalho. Mas os alunos queriam mais e assim começaram os protestos.

 O começo de tudo trouxe grande conflito entre estudantes e as autoridades, o movimento cresceu tanto na época que os universitários se uniram com os operários que os mesmo reivindicavam melhores condições de trabalho, promovendo então a maior greve geral da Europa, cerca de Nove milhões de pessoas conseguiram através desses protestos a balançar o governo do presidente da França.

Na época o regime predominante no país era extremamente bruto, qualquer movimentação realizada como protesto o governo respondia com violência e brutalidade contra os envolvidos nos protesto, porém essa reação brutal do governo só ampliava a importância das manifestações.

As manifestações alcançou o mundo inteiro, apesar das mortes e conflitos brutais enfrentados por todos que iam as ruas protestarem, Essa atitude de iniciativas dos estudantes de enfrentar o governo abrangeu todo mundo, na mesma época houve o surgimento do processo da Análise Institucional na França, dando inicio ao institucionalíssimo na década de 60, no contexto de fortes movimentos contestatórios, onde o mesmo questionavam as práticas dos partidos políticos de esquerda, dos hospitais psiquiátricos, das escolas de nível médio, das universidades e das fábricas. Na realidade, eram as instituições da política, da psiquiatria, da educação e do trabalho que estavam sendo postas a serem questionadas, podemos considerar como ápice desse processo, o movimento de Maio de 1968. (RODRIGUES 1994).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.7 Kb)   pdf (82.4 Kb)   docx (18.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com