TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Contribuições da psicologia ao processo de aprendizagem

Tese: Contribuições da psicologia ao processo de aprendizagem. Pesquise 792.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  17/11/2013  •  Tese  •  2.837 Palavras (12 Páginas)  •  407 Visualizações

Página 1 de 12

UNIVERSIDADE ANHANGUERA

POLO REPÚBLICA 7224

CURSO PEDAGOGIA

PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM

CLAUDIA ROREANE OLIVEIRA NASCIMENTO – RA 384102

DIOVANI MONTEIRO GUEDES RA – RA: 388338

ISAAC DA SILVA MARINHO – RA: 384804.

LAURECI SENA GUIMARÃES – RA: 384027.

WALDEMIR DA SILVA FREITAS JUNIOR – RA: 387874

PROF.ª HELENROSE APARECIDA SILVA PEDROSO COELHO

BELÉM-PA

2013

Universidade Anhanguera

Polo República 7224

Curso Pedagogia

Psicologia da Aprendizagem

Claudia Roseane Oliveira Nascimento – RA: 384102

Diovani Monteiro Guedes – RA: 388338

Isaac da Silva Marinho – RA: 384804

Laureci Sena Guimarães – RA: 384027

Waldemir de Freitas Silva Junior – RA: 387874

“Trabalho apresentado como ATPS para obtenção de nota da disciplina de Psicologia da Aprendizagem”.

PROF.ª Helenrose Aparecida Silva Pedroso Coelho.

Belém-Pá

2013

AS CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA PARA O PROCESSO EDUCACIONAL

Sabe-se que para argumentar sobre a compreensão dos modos como a Psicologia da Aprendizagem se articula com a Pedagogia devemos primeiramente conhecer sua função e refletir a propiciação sobre a Aprendizagem, pode-se dizer que, desde quando nascemos damos início ao processo de aprendizagem. Com este processo, constrói-se a estrutura de personalidade onde está envolvido. Através desta aprendizagem vai ocorrendo a estimulação do indivíduo maduro, em que, diante de um ato se expressa uma mudança de comportamento, recebendo interferência de vários fatores como intelectual, psicomotor, físico, social e emocional. Enquanto transforma a realidade a sua volta, ele constrói a si mesmo, seus argumentos e saberes, a partir da qual irá interagir com o meio social em que convive determinando suas ações, suas reações, enfim suas práticas sociais.

Em relação ao uso da psicologia, na pedagogia é necessário introduzir para embasar nas teorias de relações interpessoais e no meio educacional. Além da instituição escolar, a Psicologia está cada vez abrangente presente em varias instituições, por exemplo: nos hospitais e empresas, onde tem o papel analítico e assimilativo ajudando ou prejudicando na aprendizagem para uma boa assimilação cognitiva.

Ao analisar suas decorrências nos âmbitos do aluno, do professor, da escola e da sociedade na prática educacional, ajuda a auxiliar o desenvolvimento de planejamentos ou projetos que buscam favorecer nas mudanças pedagógicas conduzindo na construção de conhecimento contribuindo na orientação pessoal em suas práticas crenças ou até mesmo nos em seus valores tendo como importância no assessoramento aos aspectos de ensino-aprendizagem em uma atuação preventiva contribuindo também no esclarecimento das dificuldades assimilativas do ensino não apenas ocasionado pelo discente, mas também pelas consequências escolares visadas pela organização da instituição escolar pelo espaço oferecido as maneiras metodológicas repassadas aos alunos em salas de aula e podemos citar na dificuldade mais frisada dentro das escolas sendo publica ou até mesmo particulares como o uso de comunicação do docente ao discente ou a relação professor/aluno.

Com o passar dos tempos à relevância para o efetivo trabalho no processo ensino-aprendizagem está envolvido ao psicopedagógico que é o envolvimento da psicologia e pedagogia onde teve seu foco na preparação de envolvimento do professor não somente com seu aluno mais também com a família constituinte dentro do âmbito escolar, estabelecendo uma boa estrutura cognitiva, se relacionando de maneira agradável em diálogo e assim saber como é grande a importância da Psicologia para a Pedagogia.

As teorias da aprendizagem relacionam ao desenvolvimento que ocorreria, por uma sucessão de estágios (como assimilamos pela teoria de Piaget), mas através de um processo contínuo, onde a criança assimila entre a afeição e o raciocínio. Este processo é movido por conflitos, dialeticamente, de maneira análoga à combinação de acomodação, assimilação e equilibração na teoria piagetiana ja estudadas em nossas aulas acadêmicas, já outros acreditavam que o processo não era delimitado e sim constante podendo ocasionar seris aquisições de regressão, mas onde o mesmo pode reiniciar a atividades anteriores de seu estágio anterior. Dentre elas temos a teoria verbal significativa, teoria genética da aprendizagem, teoria sociocultural da aprendizagem e do ensino dentre outras vejamos.

Os aspectos mais significativos de cada teoria acompanhados pelo quadro teórico.

Teorias Psicologia – Aspectos conceituais Contribuições para o âmbito educacional

Teoria verbal significativa.

Teoria cognitiva da aprendizagem É um processo de organização de informação e de integração á estrutura mental. (compreensão e armazenamento de informação) Contribuiu para aprendizagem assimilativa que se reforça pelo fator do encorajamento sendo introduzidos metodologicamente por jogos e outras maneiras de rápido e eficaz raciocínio. (David Ausubel)

Teoria sociocultural da aprendizagem e do ensino É um processo de aprendizagem que procura discutir e sistematizar o processo de organização das condições de ensino tanto social como cultural Bruner ajudou a transformar e estruturar o conteúdo de ensino abrangendo os conteúdos gerais buscando integrar o dia a dia do individuo obtido pelo método investigação fazendo perguntas, fazendo do meio um saber.

Teoria do conhecimento É uma relação que se estabelece entre a consciência, o saber adquirido

...

Baixar como (para membros premium)  txt (19.1 Kb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com