TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE LAUDO ERGONÔMICO

Monografias: PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE LAUDO ERGONÔMICO. Pesquise 812.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  7/6/2013  •  2.892 Palavras (12 Páginas)  •  926 Visualizações

Página 1 de 12

sERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL – SENAC

CURSO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

DISCIPLINA: ERGONOMIA

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE LAUDO ERGONÔMICO

Orientador (a): Adriana Penedo

Grupo: Bruno Pessanha Duarte

Charles Nunes Barbosa

Daniele da Silva Aguiar

Lúcio Marques de Oliveira

Renata Maciel Reis

Ronaldo Souza

Roberto Amaral Dantas

Niterói, 2008.

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL – SENAC

CURSO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

DISCIPLINA: ERGONOMIA

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE LAUDO ERGONÔMICO

Projeto de Laudo Ergonômico apresentado à disciplina de Ergonomia como resultado das atividades de Análise Ergonômica do Trabalho realizada no (a) fábrica de tintas Vanucci.

Niterói, 2008.

I-IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

Empresa: Tintas Vanucci

Endereço: Rua Sete de Setembro, quadra 14, lote 10 – Santa Luzia, São Gonçalo, RJ.

Atividade: Produção de tintas para a indústria naval e metalúrgica.

CNAE: 20.711

Grau de Risco: 3

Número de Funcionários: 25

Homens: 23

Mulheres: 2

Execução do Projeto:

Alunos da disciplina de Ergonomia para o curso Técnico de Segurança do Trabalho, grupo 15 do SENAC Niterói.

II-INTRODUÇÃO

Analisar as condições ergonômicas de trabalho nas instalações da fábrica de tintas “Vanucci” visando proporcionar um máximo de conforto, segurança, desempenho eficiente e prevenção de doenças ocupacionais, atendendo as legislações pertinentes.

III-DEFINIÇÕES

• Ergonomia:

É a ciência que estuda a adaptação do ser humano ao trabalho, procurando adaptar as condições de trabalho às características físicas e limitações individuais de cada um.

A palavra Ergonomia deriva do grego Ergon [trabalho] e nomos [normas, regras, leis]. Trata-se de uma disciplina orientada para uma abordagem sistêmica de todos

os aspectos da atividade humana.

A Ergonomia se preocupa com as condições gerais de trabalho, tais como, a iluminação, os ruídos e a temperatura, que geralmente são conhecidas como agentes causadores de males na área de saúde física e mental, mas que o estudo procura traçar os caminhos para a correção. O seu objetivo é aumentar a eficiência humana, através de dados que permitam que se tomem decisões lógicas.

Observa-se que ao respeitar os princípios ergonômicos, uma avaliação se faz levando em consideração todo o contexto das atividades de produção, buscando alternativas que permitam adaptar o trabalho ao homem, e às suas limitações psicofisiológicas, com o objetivo de promover o conforto, a segurança e o desempenho humano eficiente. O importante não é, somente, inserir as novas tecnologias no seio produtivo, mas, também, verificar em que medida tais inserções poderão garantir a maximização da qualidade do trabalho e de vida do trabalhador, os quais têm repercussões na produtividade.

Para se conhecer todas as características do trabalho deve ser analisadas a demanda de trabalho, a empresa como um todo e/ou uma parte dela e a organização do trabalho.

• Tipos de Ergonomia:

Ergonomia física → Está relacionada com às características da anatomia humana, antropometria, fisiologia e biomecânica em sua relação a atividade física. Os tópicos relevantes incluem o estudo da postura no trabalho, manuseio de materiais, movimentos repetitivos, distúrbios músculoesquléticos relacionados ao trabalho, projeto de posto de trabalho, segurança e saúde.

Ergonomia cognitiva → Refere-se aos processos mentais, tais como percepção, memória, raciocínio e resposta motora conforme afetem as interações entre seres humanos e outros elementos de um sistema. Os tópicos relevantes incluem o estudo da carga mental de trabalho, tomada

de decisão, desempenho especializado, interação homem/computador, stress e treinamento conforme esses se relacionem a projetos envolvendo seres humanos e sistemas.

Ergonomia organizacional → Concerne à otimização dos sistemas sóciotécnicos, incluindo suas estruturas organizacionais, políticas e de processos. Os tópicos relevantes incluem comunicações, gerenciamento de recursos de tripulações (CRM - domínio aeronáutico), projeto de trabalho organização temporal do trabalho, trabalho em grupo, projeto participativo, novos paradigmas do trabalho, trabalho cooperativo, cultura organizacional, organizações em rede, tele-trabalho e gestão da qualidade.

IV-LEGISLAÇÃO

No Brasil, a legislação a respeito das diretrizes da ergonomia está explicitada na Norma Regulamentadora de nº 17, que descreve os objetivos que os Laudos Ergonômicos devem atingir, conforme explicita o item 17.1 da NR 17:

“Esta Norma Regulamentadora visa a estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

17.1.1. As condições de trabalho incluem aspectos relacionados ao levantamento, transporte e descarga de materiais, ao mobiliário, aos equipamentos e às condições ambientais do posto de trabalho, e à própria organização do trabalho.

17.1.2. Para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.4 Kb)  
Continuar por mais 11 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com