TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Planejamento, Controle E Uso De Orçamento

Ensaios: Planejamento, Controle E Uso De Orçamento. Pesquise 807.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  11/11/2013  •  720 Palavras (3 Páginas)  •  697 Visualizações

Página 1 de 3

Planejamento, controle e uso de orçamento (pp.208 – 209). Décimo terceiro capítulo.

SANVICENTE, Antônio Zoratto. Administração Financeira. -3. Ed. – São Paulo: atlas, 1987.

O trabalho do autor aborda o uso de orçamentos nas funções de planejamento e controle da empresa, especificando o conteúdo através de tópicos, detalhando e esclarecendo para um melhor entendimento do conteúdo.

O autor mostra que uma empresa ao planejar, formula de maneiras mais explicitas suas tarefas a serem cumpridas, prevendo os recursos necessários dentro de um limite adequado. Distingue-se como planejamento a longo prazo e planejamento a curto prazo, são diferenciados em dimensões de prazo para o qual são elaborados, podem ser projeção ou níveis desejados de desempenho ou de recursos.

A empresa deve ter como objetivo a maximização do valor do investimento dos seus proprietários. O objetivo não deve só assumir um valor especifico, como deve estar associado a um prazo especifico. Devemos dizer que em um plano de desempenho representa um nível desejável alteração suficientemente adequado. Não se faz planejamento sem controle ou vice-versa.

O plano de desempenho visa transformar em determinação especifica, para o período de planejamento, sendo conseguido a nível de receita, despesas e lucro. Para que o objetivo geral de lucros seja operacionalizado, é preciso elaborar tais estimativas e atribuir níveis de realização. O plano de recursos indica as fontes e a épocas em que os meios necessários poderão ser obtidos ou não.

A política constitui os parâmetros dentro dos quais a ação administrativa pode ser desenvolvida. As políticas e diretrizes de uma empresa determinam as maneiras pelas essa empresa deve atingir seus objetivos. O impacto sobre a preparação de planos e orçamentos assume a forma de limitação dos valores possíveis das várias estimativas.

Não pode haver planejamento adequado sem controle, para controlar é preciso registrar os resultados que vão ocorrendo durante a execução dos planos e orçamentos, é fundamental o papel a ser desempenhado pela contabilidade.

A formalização do planejamento anual ocorre através de planos e orçamentos para o período. Já a formalização do controle orçamentário, dá-se através de relatórios de execução.

O orçamento representa a expressão quantitativa, dos planos elaborados para o período subsequente, doze meses. Por ser global, abrange todas as suas unidades e atividades num período. A empresa também pode fazer orçamentos parciais, previsões e programas apenas para certos aspectos das suas atividades.

A administração do sistema orçamentário apresenta uma estrutura comum de organização da área financeira de uma empresa, com duas grandes subdivisões, tesouraria e controladoria. É o controlador o executivo responsável pela administração do processo orçamentário, mas não cabe a ele impor ou emitir ordens, o seu papel é de assessoria, visando auxiliar e educar os administradores de linha, responsáveis pelas unidades diretamente envolvidas pelo planejamento e pelo controle.

No uso de orçamentos globais o autor apresenta o conteúdo através de figuras e tabelas, provando que a empresa deve preparar projeções de diversos itens de receitas e de despesas para chegar a projeção de

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com