TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Bibliográfica do Livro Bibliologia Inerrância, Infalibilidade, Autoridade e Sacralidade da Bíblia

Por:   •  24/7/2020  •  Resenha  •  498 Palavras (2 Páginas)  •  5 Visualizações

Página 1 de 2

Resenha Bibliográfica do Livro Bibliologia

Cap. 3 Inerrância, Infalibilidade, Autoridade e Sacralidade da Bíblia.

LAPA, Marcos Antônio Teixeira. Bibliologia 1ª Edição. Barra Funda - SP: SGEC - Secretaria Geral de Educação e Cultura, 2011. p. 35 – 51.

Marcos Antônio Teixeira Lapa é Pós Graduado em Docência do Ensino Superior, Bacharel em Teologia com Licenciatura Plena pela FAETEL – Faculdade de Teologia e Ciências Sociais Logos (2001), tem formação no Curso Livre de Teologia pelo Instituto Teológico Quadrangular (1982). É ministro do Evangelho, e atualmente é voluntario da Igreja do Evangelho Quadrangular, É Ministro do Evangelho, e atualmente é voluntário da Igreja do Evangelho Quadrangular, atuando como membro do Conselho Editorial da Secretaria Geral de Educação e Cultura da Igreja do Evangelho Quadrangular.

O Livro de Bibliologia editado e publicado em 2011, faz parte da grade curricular do Instituto Teológico Quadrangular. Contem 104 páginas e 06 capítulos, elaborado através de uma abordagem histórica, bíblica e teológica, numa linguagem dialógica clara, para que o aluno seja introduzido ao estudo da Bíblia com segurança.

O objeto de estudo desta resenha é o capitulo 3, Inerrância, Infalibilidade, Autoridade e Sacralidade da Bíblia. O autor inicia o assunto falando sobre inerrancia das escrituras, ressalta que a inspiração divina pressupõe a inerrancia. Destaca inerrância plena e absoluta declara que a Biblia que não contem erros é totalmente verdadeira no aspecto teológico, histórico e espitemologico. Lapa nos apresenta também que há algumas passagens problemáticas na bíblia , onde surgem aparentemente controvérsias com referencias na historia e com afirmações da ciência. Sobre infalibilidade, o autor nos afirma que a Bíblia não contem erros, nos idiomas atuais em que foi escrita ele é completamente infalível. Tem como principal fundamento o da própria escritura pois afirma ser inspirada pelo próprio Deus tem como texto base 2 Timóteo 3:16 e 2 Pedro 1:21. O autor destaca ainda, a autoridade da Bíblia bem como suas características: autoridade religiosa , histórica e normativa. Afirma que Ela tem autoridade em si mesma, é soberana sobre toda a humanidade devido a sua origem no próprio Deus. Alerta ainda para que aquele que não reconhecer sua autoridade e submeter-se a Ela praticando seus ensinamentos será destrutivo para a vida presente e para a vida na eternidade. Lapa salienta ainda para a sacralidade da escritura – o Cânon, palavra grega “Kanon” que sigbifica uma “cana” ou “vara de medir” ou “régua”, sendo o canon da Biblia consiste naqueles livros considerados com mérito para serem incluídos nas Sagradas Escrituras.

Lapa finaliza o capítulo expondo sobre os falsos livros,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.2 Kb)   pdf (35.6 Kb)   docx (8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com