TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho Pedagógico Docente

Por:   •  24/4/2013  •  2.330 Palavras (10 Páginas)  •  341 Visualizações

Página 1 de 10

INTRODUÇÃO

Com o objetivo de conhecer os modelos pedagógicos curriculares oficiais que se tornaram tendência entre os docentes, será realizado um relato sobre cada um desses modelos. A fim de melhorar o trabalho docente. Promovendo uma reflexão sobre a didática que norteia a pratica escolar e isso requer sua contextualização nos diferentes tempos e espaços,pois a forma como a sociedade se organiza em cada momento histórico e a compreensão que o homem tem da realidade desse período determinam como o processo educativo se expressa no interior da escola.

REFERENCIAL TEÓRICO

Atualmente, o processo tradicional, é condenado por todas as correntes da pedagogia, baseado na reprodução do conhecimento dominante, perpetua a ideologia da opressão, a cultura do silêncio. Segundo (FREIRE, 1981,p.67)uma concepção bancária de educação, que consiste no “ato de depositar, de transferir, de transmitir valores e conhecimento. Onde o educador é aquele que possui os saberes considerados universais, imutáveis e fixos e o educando não possui saberes, por isso deve receber, memorizar e repetir. Tem como objetivo de ensinar os indivíduos a se tornarem receptores passivos, nessa perspectiva, compreende--e que ao nascer, a mente humana é uma tabula rasa e aos poucos a sociedade, por meio das instituições como família, igreja e escola, vai imprimindo as imagens e as informações do ambiente, onde a visão de mundo é transmitida de geração a geração, no sentido de preservar a tradição. No Brasil os jesuítas atuaram no campo da educação, durante os anos de 1549 a 1759.

Dos elementos didáticos o conteúdo, privilegia a atividade intelectual e o conhecimento abstrato, distanciado da realidade social. Tem como objetivo, valorizar o dogma como pensamento de verdade e transmitir as informações de mundo e da cultura universais realizadas e produzidas pela humanidade, mas reconhecidas pela comunidade científica. A metodologia do professor será expositiva para transmitir os conteúdos prontos e o aluno deve escutar e assimilar passivamente. Os alunos são receptores passivos que reproduzem os conteúdos , memorizam, aplicam, recapitulam fazendo exercício de fixação. Avalia-se a capacidade do aluno reproduzir com exatidão o conteúdo transmitido pelo professor. O planejamento nessa abordagem é centrado no professor que prepare conteúdos que deverão ser repetidos e memorizados mecanicamente pelo aluno.

No Processo escolanovista, a prática social vivida na escola não se restringe a um simples fazer do ensinar e aprender.Diferentes autores afirmam que os fundamentos do processo escolanovista têm sua origem na Europa; a primeira Escola Nova foi fundada em 1889, na Ingla individual por meio da atividade, da ação.terra. Ela apresentada característica de uma educação voltada à socialização do educando juntamente com a formação de sua personalidade. No Brasil por volta dos anos 30 do séc.XX, como forma de atender às necessidades educativas da sociedade desse momento histórico.

Dewey(1952;1953 ) reconhecido como precursor da Escola Nova,apoiadas na ideia proposta de que a criança ao nascer, entra num em um mundo novo, para ela confuso, com ruídos incompreensíveis. Gradualmente por meio de suas potencialidades, ela vai percebendo e interpretando as sensações internas e externas e aos poucos compreende seu ambiente. As diretrizes propostas, pela Escola Nova afirma que a necessidade da ação do indivíduo para produzir conhecimento e que toda atividade decorre de necessidades individuais.

Os conteúdos, os conhecimentos de ensino na Escola Nova, são verdades que só têm valor se constituem em instrumentos da ação do indivíduo em meios de elevar a existência humana. O objetivo escolanovista consiste em organizar a escola em um ambiente de realização de um modo particular de vida, partindo das necessidades individuais para a adaptação social. Cabe ao professor desenvolver sua metodologia, onde venha utilizar-se de meios facilitadores para sensibilizar, sem alterar a integridade física e moral do aluno de modo que organize suas ações cotidianas, como condição para melhorar suas relações interpessoais. A avaliação do processo educativo centra seu foco nos aspectos cognitivos e afetivos, ou seja, assimilação de atitudes como solidariedade, participação, respeito às regras estabelecidas. Experiências do cotidiano e ação escolar só ganham existência, valor e importância se estiverem a serviço da sociabilidade.

O processo tecnicista, surgiu no final da

...

Baixar como (para membros premium)  txt (16.1 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com