TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha do filme "Tempos modernos"

Resenha: Resenha do filme "Tempos modernos". Pesquise 832.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  3/11/2014  •  Resenha  •  428 Palavras (2 Páginas)  •  403 Visualizações

Página 1 de 2

Tempos modernos

O filme se passa no inicio do século xx, época que se iniciava a revolução industrial onde os americanos passaram por uma crise, como miséria, desemprego e fome. Na época da revolução industrial os trabalhadores eram vistos como meros “objetos”, pois a única coisa que realmente importava eram os lucros.

O cotidiano dos americanos e as crises que eles passaram, como miséria, desemprego e fome. As empresas exploravam seus funcionários com carga horarias enormes, sem horários de almoços necessários que eram direitos deles, fazendo com que eles almoçassem e trabalhassem ao mesmo tempo e não tinham direitos a nada. O filme fala sobre a desigualdade entre o trabalho e o capital, onde os funcionários produziam muito não recebiam o salario certo pela quantidade de mercadorias e nem compatível para que eles pudessem comprar uma mercadoria como aquelas. Com isso os seus patrões cada vez mais enriqueciam e os funcionários ficavam cada vez mais cansados e desmotivados.

O capitalista exerce controle total sobre a produção capitalista através do comando das esteiras automática, telas imensas que existem na fabrica, que não podem ser consideradas absolutas.

Quando o operário é engolido pela máquina, uma mera engrenagem que representa o fetiche que se impõem o comando capitalista.

Podemos ver no filme também como eles relatam a importância da tecnologia, e os grandes investimentos, para que os funcionários conseguissem produzir muito mais. Eles investiam tanto na tecnologia para que no futuro não precisassem mais de trabalhadores e somente de maquinas, para que seus lucros aumentassem muito mais. Os homens e as maquinas eram tratados de formas iguais. A grande preocupação dos trabalhadores eram aprender a utilizar as maquinas para que eles não perdessem os seus empregos. Eram tratados como peças de grande engrenagem, trabalhavam com movimentos repetitivos e sincronizados, não havia nenhuma preocupação da empresa com o bem estar e suas condições de trabalho.

Os trabalhadores produzem toda a riqueza na sociedade capitalista, não são tem consciência disso, são alienados.

A questão central do filme critica o capitalismo, a alienação começa no processo produtivo, sem ser consultado sobre o que sua capacidade d trabalho vai produzir sobre a quem deve ser destinada sua produção, a que preço e etc.

O próprio desenvolvimento do seu corpo, do cérebro, da fala, e da relação entre os homens origina-se o trabalho. Desta forma, afirma que o trabalho criou o homem e o homem criou o trabalho, sendo está uma ação exclusivamente humana, pois assume uma forma consciente, não intuitiva, pois antes de produzir um objeto é necessário ao trabalhador elaborá-lo inicialmente em seu cérebro para só então partir para a execução.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com