TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Produção Textual Avaliativa Pertinente Ao Estágio Curricular Obrigatório II

Por:   •  11/10/2013  •  1.446 Palavras (6 Páginas)  •  735 Visualizações

Página 1 de 6

1. APRESENTAÇÃO

Nos últimos anos, a compra e o consumo abusivo e compulsivo de drogas lícitas e ilícitas nas escolas de nosso município é alarmante. Pensando nisso, o Projeto levará informações através de palestras a toda comunidade da Escola Estadual Nanzio Magalhães, em virtude de instruir nossos jovens, a não aceitar de forma nenhuma, essas drogas que chegam devagarinho trazendo prazeres, “dinheiro fácil”, etc., e logo depois, um buraco negro.

É importante observar que o uso de drogas está associado a um número muito grande de problemas, principalmente violência e acidentes. Todos concordam que a Escola tem um papel fundamental em nossa sociedade, e é certo que a sua importância tem aumentado cada vez mais nas últimas décadas pela ampliação das possibilidades de melhorias que o espaço tem em nossa comunidade.

Por causa disso, as escolas têm sido constantemente cobradas pelos pais de alunos, pela a sociedade em geral, e pela opinião pública. Para abordarem a questão das drogas em sala de aula, e para saberem o que fazer com estudantes que precisa de atenção especial nessa área, pois, hoje as drogas estão presentes na maioria das comunidades escolares.

Sabemos que muitos professores não estão bem especializados para organizar uma proposta que envolva ações planejadas e bem estruturadas para tratar dessa questão tão preocupante e especial que cresce a cada dia.

Assim, surgiu o projeto “Viver Bem é Viver Sem Drogas” para oferecer subsídios teóricos e práticos, auxiliando significativamente aos educadores nos seus esforços que possam reduzir e prevenir os danos à saúde física e mental e à vida, bem como as situações de violência e criminalidade associadas ao uso prejudicial de drogas em geral.

Dessa forma, propomos, por meio da Secretaria de Educação e parceiros, a realização do projeto “Viver Bem é Viver Sem Drogas” com intuito de minimizar os problemas decorrentes do uso e comercialização de álcool, fumo e entorpecentes.

2. JUSTIFICATIVA

Este projeto foi pensado numa visão de inclusão social, pautado em princípios humanistas, de respeito ao próximo, de valorização da diversidade social e cultural. Buscando a erradicação, a prevenção, a promoção e o acolhimento. E não a discriminação do usuário e dos familiares.

A Escola deve criar estratégias que possam envolver toda sociedade no enfrentamento coletivo dos problemas relacionados ao consumo de drogas lícitas e ilícitas. A “Educação Antidrogas” é um tema transversal e multidisciplinar, o que implica que a abordagem dessa questão deve se dar de forma integrada entre as disciplinas, os projetos educacionais e os diferentes departamentos da unidade escolar.

Os professores e todos os demais funcionários devem se envolver, de modo a ocorrer integração das políticas educacionais com as demais políticas públicas que visam reduzir os danos sociais, à saúde e à vida causados pelo consumo, bem como as situações de violência e criminalidade associadas ao uso prejudicial de bebidas alcoólicas, fumo e entorpecentes.

A população de Feijó em especial os estudantes vivem uma realidade em que na maioria dos casos estão explicitas o descaso social e a falta de respeito aos direitos humanos. Atualmente convivemos com alto índice de violência, furto, alcoolismo, desemprego e o uso de entorpecentes que tem acarretado casos de violência, agressões e tragédias de maiores proporções.

Esse aumento pode ser atribuído a vários fatores, entre os que figuram a falta de informação sobre os perigos do consumo de drogas, ao caráter limitado das atividades preventivas, quase inexistentes em nosso município, pela falta de consciência sobre a magnitude do problema que os efeitos das drogas causam á vida humana.

Assim, o “Projeto Viver Bem é Viver Sem Drogas” irá contribuir de fato com o fortalecimento de uma rede de atenção às questões relativas ao uso abusivo e excessivo de compra e venda de substâncias psicoativas.

A Escola precisa se comprometer com a cidadania, formando seres humanos plenos e pensantes, que certamente terão maiores oportunidades na vida dos tempos modernos. Nessa visão de uma Educação que busca a formação plena do aluno há uma gama de possibilidades de ações e trabalhos que podem ser realizados com foco na criação de oportunidades e melhorias.

3. OBJETIVOS

3.1 - Geral

Promover um amplo trabalho informativo na Escola Estadual Nanzio Magalhães para prevenir o uso e comercialização das drogas lícitas e ilícitas, como também sensibilizar e conscientizar a comunidade escolar

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.1 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com