TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Relação do filme matrix e filosofia platonica

Por:   •  20/7/2016  •  Resenha  •  633 Palavras (3 Páginas)  •  1.499 Visualizações

Página 1 de 3

Relação Entre o filme “Matrix” e a filosofia platônica.

A filosofia predominante durante o enredo do filme Matrix, se expressa através da filofia platônica que é marcada por apresentar dois mundos, são eles: O mundo das ideias, imutável e perfeito, e o mundo que vivemos que é uma projeção do mundo perfeito.

Ao decorrer da trama, percebemos que a ideologia de uma sociedade, submete-se a uma jornada de meras maquinas, que usufruem do homem como uma carga. Por meio disso, projetam o homem feito marionetes que fazem reproduções num mundo irreal, na real mentira da subconsciência humana. Exibe-se inicialmente a figura de um mero analista de sistema, do qual não sabe que vive na reprodução de um mundo e nem que há um mundo inteligível externo. Logo passa a ser perseguido por uma trupe de homens que querem exterminar a mentira do irrealismo vigente no final do século XX do qual a sociedade capitalista estava inserida, e trazê-las para um mundo lúcido.

Logo o jovem Neo, descobre quem realmente é, e descobre que vivia num mundo projetado, numa sombra, denominada de Matrix. Assemelhando ao homem do mito da caverna de Platão que segue a descobrir o mundo inteligível. Entretanto, para ele as coisas baseavam somente naquilo que estava habituando, em sua mesmice, e com isso demora a adaptar-se à realidade de um mundo inteligível.

No contexto do mundo Inteligível, as maquinas haviam dominado a terra e cultivavam seres humanos parta gerarem energia e criaram a Matrix, que é o mundo irreal, imaginário, porém alguns ainda buscavam destruir o trono das maquinas que dominavam o mundo, dentre eles havia o grande Morpheus, que representava um sábio, e um líder para aqueles que faziam o combate, Trinity uma mulher independente, que se destaca por sua inteligência. Ambos juntamente com Neo formam uma épica trindade, que com a ajuda de outros, vão à luta, para enfrentar aos que iludem os homens com uma vergonhosa mentira. São como o prisioneiro que se liberta e tenta desacorrentar os demais da ignorância, e ajudá-los a aproximarem-se de uma verdadeira filosofia.

O jovem Neo passa por uma espécie de treinamento, e posteriormente vai, ao oráculo, para ter rumos a sua nova jornada. Com isso, necessita de novamente entrar no mundo da matrix, logo Neo e seus amigos passam a serem perseguidos pelos que já vinham a tempos os perseguindo. Com isso conseguem capturar ao mestre, só que desgraçadamente um dos “tripulantes” os trai, e com isso quase acabam todos mortos, é gritante a ignorância e a imperfeição da reprodução do mundo ideal, representado pelo ignorante “tripulante” mesquinha que já se atritava com os demais. Más que ao conseguirem revirar a situação, vão à procura de Morpheus, antes que os vilões da historia que se acasulavam de espiões, o matassem ou arrancasse de sua cabeça informações restritas, reconstituindo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.8 Kb)   pdf (56.4 Kb)   docx (9.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com