TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Aspectos Antropológicos e Sociológicos da Educação

Por:   •  10/10/2020  •  Trabalho acadêmico  •  458 Palavras (2 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 2

[pic 1]

Universidade Estácio De Sá

Curso de Licenciatura em História – EAD

Disciplina: Aspectos Antropológicos e Sociológicos da Educação

Professor: Fábio Macedo Simas

Observação e análise sociológica reflexiva das relações entre a sociedade e o meio ambiente.

 NAIANE FERNANDES DE NEGREIROS SILVA

Matrícula: 202007185617

Mossoró – RN

2020

INTRODUÇÃO

A desigualdade social é cada dia mais um problema mundial e no Brasil, este conflito não é diferente, pois a desigualdade cresce na medida em que o país esta em desenvolvimento e é nítida nos nossos bairros a separação de classes sociais como pode ser visto na Figura 1. A desigualdade se divide em várias formas, dentre elas as mais visíveis são as de origens sociais, raciais e econômicas. Em Mossoró, Rio Grande do Norte, especificamente no bairro Santo Antonio existe uma notória amostra da desigualdade na cidade, por se tratar do maior bairro da cidade, nele existem as diversas classes sociais, desde pessoas com uma boa condição financeira, incluindo políticos da cidade ate as pessoas mais pobres da cidade que falta ate mesmo alimentação e condições básicas para sobreviver. O meio ambiente de antigamente vai acabando, os bairros já não são os mesmos.

Figura 1- desigualdade social no Brasil

[pic 2]

Fonte: https://www.politize.com.br/desigualdade-social/

REFERENCIAL TEÓRICO

A desigualdade social mundial é um problema que vem tomando conhecimento todos os dias. Alguns países, por exemplo, a África, torna-se um dos países onde continua a crescer em força, mas a pobreza e a desigualdade mantêm-se muito elevadas tanto origens sociais, raciais e econômicas e a cada momento diversas pessoas tentam ajudar para amenizar o sofrimento. No Brasil não é tão diferente, pois continua sendo um problema que afeta grande parte da população brasileira e aconsequências da desigualdade social no Brasil são observadas pela falta de acesso à educação de qualidade, dificuldade de acesso aos serviços básicos: saúde, transporte público e saneamento básico, desemprego, violência, pobreza.

Em Mossoró, no bairro Santo Antonio, a desigualdade é encontrada no dia-dia, a falta de oportunidade para alguns afeta de todos os lados. Moradores relatam o medo de morar no bairro, a violência nítida faz com que as pessoas queiram mais viver dentro de suas casas, sem poder sair. A cada ano que passa sem uma infra-estrutura o maior bairro da cidade fica em decadência e fora o meio ambiente, a cidade fica mais quente devido a poucas arvores, as pessoas não plantão mais.  

CONCLUSÃO

        Espera-se que as autoridades tomem providencia com o problema maior que vivemos. A desigualdade social afasta-nos cada vez mais das pessoas e o ambiente em que elas vivem, assim, nos tornando cada vez mais desconhecidos da sociedade. Sem segurança, uma boa educação e oportunidades as pessoas cada vez mais vão aprendendo a viver em seu circulo e na vida teríamos que aprender a ter união e empatia.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.1 Kb)   pdf (104.6 Kb)   docx (205.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com