TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Construção Textual Do Sentido

Por:   •  8/5/2016  •  Trabalho acadêmico  •  1.578 Palavras (7 Páginas)  •  566 Visualizações

Página 1 de 7

Koch, Ingedore G. Villaça. A construção textual do sentido. In  Koch, Ingedore G. Villaça O texto e a construção do sentido. 7º ed. São Paulo: Editora Contexto, 2003, p 11-73.

Parte 1: A Construção Textual Do Sentido

A Atividade De Produção Textual

  • O texto resulta de um tipo específico de atividade, é a realização de uma atividade verbal, numa situação dada, com vistas a certos resultados.
  •  A atividade verbal esta inserida em um processo social, essas atividades humanas tem alguns aspectos como:
  1. Existência de uma necessidade/interesse;
  2. Estabelecimento de um plano de atividade, formado por ações individuais;
  3. Realização de operações específicas para cada ação, de conformidade como plano prefixado;
  4. Dependência constante da situação em que se leva a cabo a atividade;

A Teoria Da Atividade Verbal

  • É uma adaptação ao fenômeno “linguagem” de uma teoria da atividade de caráter filosófico, com uma teoria de atividade humana, que se especifica em uma atividade verbal.
  • Para o estudo linguístico o importante são as formas de organização da linguagem para fins sociais, seu objetivo é verificar como se consegue realizar determinadas ações ou interagir socialmente através da linguagem.
  • Para a realização linguística da atividade verbal as condições sociais e psicológicas são determinantes.

Fatores Que Determinam A Interação Verbal

  1. Motivação geralmente não há um motivo único, mas um conjunto de motivos, embora seja possível destacar o motivo central ou dominante.
  2. Situação conjunto de influências internas que afetam um organismo.
  3. Prova de probabilidade determina quis, entre as diversas ações possíveis, têm mais possibilidade de produzir frutos desejados.
  4. Tarefa-ação seleciona a ação que terá mais probabilidade de êxito.
  • Com esses fatores, o sujeito idealiza o plano geral do texto, que determina a organização interna deste, antes de passar a sua realização mediante unidades linguísticas.
  • Os  fatores que determinam a realização verbal da interação verbal são:
  1. A língua particular em que se realiza o enunciado;
  2. O grau de domínio da língua;
  3. Fator funcional linguístico, que determina a escolha dos meios linguísticos mais adequados, de acordo com as condições específicas em que realiza a comunicação;
  4. Fator afetivo expressivo;
  5. As diferenças individuais em experiência verbal entre falante e ouvinte;
  6. O contexto verbal, no sentido de “contexto linguístico”;
  7. A situação comunicativa;
  • A linguagem é uma forma de atividade, que deve ser tratada como uma atividade em geral, e especificamente, como atividade humana.
  • A atividade verbal possui, além da motivação um conjunto de operações, que são próprias do sistema linguístico e que representam a articulação das ações individuais em que se estrutura a atividade. Objetivo final tem caráter linguístico.

Algumas Propostas No Interior Da Linguística Textual

  • H. Isenberg propôs um método para descrever a geração de texto, desde a estrutura pré linguística da intenção comunicativa até a manifestação superficial, incluindo fundamentalmente as estruturas sintáticas mas que pode ser ampliada aos níveis inferiores. Ele se dividem em:
  1. Legitimidade social – o texto como manifestação de uma atividade social legitimada pela condições sociais;
  2. Funcionalidade comunicativa – texto como unidade de comunicação;
  3. Semanticidade – texto em sua função referencial com a realidade;
  4. Referência à situação – texto como reflexo de traços da situação comunicativa;
  5. Intencionalidade – texto como uma forma de realização de intenção;
  6. Boa formação – texto como sucessão linear coerente de unidades linguísticas; unidade realizada de acordo com determinados princípios;
  7. Boa composição – texto como sucessão de unidades linguísticas selecionadas e organizadas segundo um plano de composição;
  8. Gramaticalidade – texto como sucessão de unidades linguísticas estruturadas segundo regras gramaticais.

O Texto: Construção De Sentidos

O Que É Um Texto

  • No inicio o texto era visto como uma unidade linguística superior a frase, uma sucessão ou combinação de frases, uma cadeia pronominalizações ininterruptas, cadeia de isotopias e um complexo de proposições semânticas.
  • O texto passou a ser encarado pelas teorias acionais, como uma sequência de atos de fala, suas vertentes cognitivas de processos mentais e pelas orientações que adotam a teoria da atividade verbal, como parte de atividades mais globais de comunicação.
  • A produção textual é uma atividade verbal, a serviço de fins sociais e, portanto, inserido em contextos mais complexos de atividades, também trata-se de uma atividade consciente, criativa, que compreenda o desenvolvimento de estratégias concretas de ação e a escolha mais adequadas a realização dos objetivos e uma atividade interacional, seus interactantes, se achar envolvidos na atividade de produção textual.
  • Os textos são realizados da atividade verbal de indivíduos socialmente atuantes, onde  organizam  suas ações no intuito de alcançar um fim social.

Qual É, Afinal, A Propriedade Definidora Do Texto?

  • O sentido não está no texto, mas se constrói a partir dele, ou seja, o texto possui um fator muito importante que é a interpretação, ele tem um corpo, mas a leitura que é feita após o termino do texto que traz um significado exclusivo para o receptor.

Atividades E Estratégias De Processamento Textual

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.1 Kb)   pdf (123.7 Kb)   docx (15.5 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com