TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Contribuição do estágio supervisionado: a teoria e a prática na formação do pedagogo

Por:   •  14/5/2018  •  Trabalho acadêmico  •  1.280 Palavras (6 Páginas)  •  40 Visualizações

Página 1 de 6

A CONTRIBUIÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO: A TEORIA E A PRÁTICA NA FORMAÇÃO DO PEDAGOGO

CARINE BARROS DE SOUZA[1]

RESUMO

O presente texto visa apresentar a importância do estágio supervisionado, item obrigatório nos cursos de licenciaturas. Propondo-se também afirmar a relação entre a teoria e prática. Tendo como objetivo analisar flexivamente as contribuições do estágio curricular à formação de qualidade do pedagogo. Tem como fundamento o referencial teórico referente à área e a experiência adquirida na realização do estágio durante a graduação. Tentaremos resolver a problemática que se refere às contribuições do estágio supervisionado para a formação de qualidade do pedagogo e a importância do mesmo. Conclui-se que, o estágio supervisionado é uma das partes mais importantes na vida acadêmica do graduando, pois é por meio deste que o aluno pode se ver no papel de professor e refletir sobre a realidade escolar relacionando a teoria e a prática.

Palavras-chave: Estágio supervisionado. Teoria-prática. Formação de qualidade.

1 INTRODUÇÃO

O estágio supervisionado é uma ferramenta fundamental na formação do pedagogo, visto que o mesmo torna possível a relação teoria-prática e a aproximação da realidade escolar. Sendo assim, o principal objetivo desse trabalho é discutir por meio de análise a literatura referente à área, a importância do estágio supervisionado e suas contribuições na formação de qualidade do pedagogo.

  Esse trabalho fundamenta-se no referencial teórico e na experiência vivenciada no estágio supervisionado, processo realizado ao longo da formação da licenciatura. Ao longo do texto abordaremos as contribuições das atividades práticas no aprendizado do acadêmico enquanto futuros pedagogos e a oportunidade de vivencia no campo de trabalho para os alunos egressos.

 A problemática que tentaremos resolver se refere a seguinte pergunta: Em que medida o estágio supervisionado pode contribuir com a formação de qualidade do pedagogo? A seguir abordaremos a respeito do tema propriamente dito discutindo a relação teória-prática. Para finalizar, faremos uma breve conclusão sobre o assunto.

2 O ESTÁGIO SUPERVISIONADO COMO ITEM FUNDAMENTAL NA FORMAÇÃO DO PEDAGO.

 Ao pensarmos em estágio devemos lembrar que temos dois tipos de estágios: O extracurricular ou não obrigatório que é desenvolvido livremente como atividade opcional, mas que deve estar ligado ao curso de formação podendo este ser remunerado ou não, e o estágio curricular obrigatório que é uma atividade assegurada na matriz curricular do curso e como o nome já diz é um requisito para aprovação e obtenção de diploma na graduação.

De acordo com o Decreto Federal nº 87.497/82 Art. 2°.

Considera-se estágio curricular, para os efeitos deste Decreto, as atividades de aprendizagem social, profissional e cultural, proporcionadas ao estudante pela participação em situações reais de vida e trabalho de seu meio, sendo realizada na comunidade em geral ou junto a pessoas jurídicas de direito público ou privado, sob-responsabilidade e coordenação da instituição de ensino (BRASIL, 1982).

O estágio é um espaço formativo onde começamos a significar efetivamente os nossos saberes e, sobretudo, onde construímos outros saberes necessários ao exercício da profissão. Portanto, podemos observar que o estagio supervisionado é de grande importância no curso de licenciatura, pois por meio dele o acadêmico vai fazer a relação entre a teoria e a pratica. Barreiro e Gebran (2006, p. 22) afirmam:

A articulação da relação teoria e prática é um processo definidor da qualidade da formação inicial e continuada do professor, como sujeito autônomo na construção de sua profissionalização docente, porque lhe permite uma permanente investigação e a busca de respostas aos fenômenos e às contradições vivenciadas.

Ao realizar o estágio podemos então entender como a teoria estudada na faculdade pode estar diretamente relacionada com a prática realizada na escola e esta, por conseguinte, transformada pela teoria. O saber teórico somente pode indicar sentido, iluminar uma direção concreta da prática, se for trabalhado sob o enfoque reflexivo-crítico, onde os professores formadores possam resignificar a teoria sob o enfoque que transforma a prática. Cada vez compreendemos melhor que o estágio não é uma etapa isolada na formação do professor e que precisa estar articulado às possíveis e necessárias relações teórico-prática.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.1 Kb)   pdf (119.6 Kb)   docx (174 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com