TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A interação professor-aluno

Por:   •  23/11/2013  •  Artigo  •  474 Palavras (2 Páginas)  •  168 Visualizações

Página 1 de 2

A INTERAÇÃO PROFESSOR-ALUNO

É grande a importância do grupo como elemento formador na vida das crianças e jovens, através da convivência com pessoas, seja com adultos ou os próprios colegas, que estes desenvolvem conhecimento, hábitos e atitudes de convívio social.

A constituição do grupo social é dada através da relação professor-aluno e aluno-aluno. E com o convívio diário a aluno começa a se exercitar. Essa relação é mantida na lembrança, o valor pedagógico dessa relação; pois o que é ensinado, a matéria em si acaba sendo esquecida, mas os momentos vividos ali serão levados eternamente. A escola é um local de encontros existenciais, da vivência das relações humanas e dos valores e princípios de vida.

São os momentos de interação, instantes compartilhados e vividos em conjunto que o domínio afetivo se une à esfera cognitiva fazendo com que o aluno aja como realmente é, como um todo. A razão e os sentimentos se unem, guiando o seu comportamento. A educação só ocorre em razão do processo de interação entre pessoas, pois as relações entre quem ensina e quem aprende repercutem sempre na aprendizagem.

O professor deve ter esclarecimento de que, antes de ser professor, ele é um educador, sua personalidade é orientar para valores da vida. Não é apenas transmitir conhecimento, mas facilitar a veiculação de ideias contribuindo para a formação do caráter do educando.

Mestre não é quem sempre ensina, mas quem sempre aprende; funciona uma espécie de intercâmbio, no qual o diálogo e fundamental. É preciso que relação professor-aluno tenha como base o dialogo. E assim constrói-se o aluno, pois o mesmo vai conduzindo e dirigindo o seu comportamento de forma a construir a sua vida a vida da sua cultura.

É muito comum hoje confundir autoridade com autoritarismo, está é presente para o próprio processo educacional e de ensino. Temos que entender que a autoridade do professor nada tem a ver com policialismo; tem sim a ver com a conquista de uma disciplina de vida que não se aprende em manuais, mas na própria escalada dos obstáculos naturais. Deve se ter uma autoridade incentivadora e orientadora. Educador não é detentor da autoridade, mas o testemunha dessa.

Logo assim é possível manter disciplina na sala de aula, e está sempre em construção porque o aluno vai conduzindo e dirigindo o seu comportamento de forma a construir a sua vida e a vida da sua cultura. A disciplina é necessária como ordenação das condições que possibilitam a aprendizagem, e esta é consequência da organização escolar.

Assim o professor deve orientar; motivar e incentivar o aluno á aprendizagem. Pois a motivação é um fato interior, enquanto a incentivação provém de forças ambientais, entre as quais situa-se a atuação do professor, quando este tem plena consciência do valor da incentivação,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com